Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

No Cha-Cha, Charlô Whately volta às origens

Misto de restaurante e deli, o lugar, embora amplo, remete aos tempos em que Charlô abriu um bistrô apertado na Rua Barão de Capanema e colocou sobre o balcão suas terrines, quiches, saladas, massas, algumas carnes...

25 fevereiro 2015 | 13:22 por patriciaferraz

É muito simpático o Cha-Cha, nova casa de Charlô Whately. Misto de restaurante e deli, o lugar remete às origens de Charlô. Não à época em que ele voltou de uma temporada em Paris e resolveu trocar o mercado financeiro pela produção de patês. Mas, aos tempos em que ele abriu um bistrô apertadinho na Rua Barão de Capanema e colocou sobre o balcão suas terrines, quiches, saladas, massas e algumas carnes. Bem antes de abrir o bufê e assumir o restaurante do Jockey.

No Cha-Cha, o ambiente amplo com pastilhas brancas no chão e iluminação natural entrando pela fachada de vidro não lembra em nada o do Bistrô Charlô, aberto 26 anos atrás. Mas a ideia é oferecer a mesma comida descomplicada que provocava longas filas de espera na casa dos Jardins.

Terrines. Elas estão entre os carros-chefe de Charlô, como esta, de foie gras com geleia. FOTOS: Fernando Sciarra/Estadão

O lugar abre todos os dias, das 7 da manhã até as 23h (menos domingo), sem pausa. Tem café da manhã, com tapioca, pão de queijo, omeletes, smoothies. Para quem quer brunch, há opções como mexidinho com salmão defumado, coalhada e alcaparras. Um vinho ou espumante para acompanhar? Tem sim, em garrafas míni ou tamanho regular. E também sucos, cervejas e um bartender para fazer drinques. Se a ideia é pedir à la carte, há algumas opções de prato, como o cupim braseado com farofa e banana grelhada ou o rosbife com salada de batata.

Ficou com água na boca?

Das 7h às 23h. Café da manhã, brunch e à la carte; salada de linguiça com feijão-fradinho

Mas quer saber? A atração ali é o que está no balcão. Para começar, uma ala de saladas de folhas, ou grãos, como a de grão-de-bico e lascas de bacalhau, ou a de feijão-fradinho com linguiça. Daria para matar a fome ali mesmo. Mas aí você olha ao lado e estão as terrines, e pertinho delas umas tortas, quiches, o gâteau de batatas. E na sobremesa, bolos, tortas, doces. Dá vontade de comer tudo. Mas não precisa: você pode escolher algumas coisas no balcão e levar. Tudo que é servido no restaurante pode ser para viagem. E tem também uns sanduíches e saladas em duas geladeiras, é só pegar e levar.

Para levar. Cha-Cha está apostando que o pessoal que trabalha nas imediações passe por ali no fim do dia para levar o jantar para casa: tudo que se pode comer no restaurante pode ser embalado para viagem. É possível também deixar o pirex pela manhã e pegar à noite, montadinho. E há também duas geladeiras com sanduíches, saladas, sucos e cervejas.

SERVIÇO – Cha-Cha

R. Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 1.098, Itaim Bibi

Tel.: 2640-4004

Horário de funcionamento: 7h/23h (sex., até 0h; sáb., 8h30/0h; dom., 8h30/18h)

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 26/2/2015

Ficou com água na boca?