Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

O sino bate a cada fornada

Por Ana Paula Boni

12 agosto 2015 | 21:48 por redacaopaladar

A loja estreita, sem cadeira ou mesa, com um balcão voltado para a rua quase na esquina da Avenida Paulista não chama a atenção dos passantes, a não ser quando o sino bate. Sim, um sino pendurado na entrada, que avisa estar pronta mais uma fornada de pastéis de nata, típico doce português de massa folhada (aqui, com um toque de azeite de oliva) e recheio de nata, ovos, leite e açúcar.

FOTO: Divulgação

É a primeira unidade da Manteigaria Lisboa, loja de um doce só, que abriu as portas nesta semana em frente ao parklet do Conjunto Nacional, onde os clientes podem saborear a guloseima (R$ 5) e tomar um café, Delta, também português, ou uma dose de Moscatel, Porto ou licor de ginja (espécie de cereja). Para levar, há caixas com 4 pastéis (R$ 20) ou 6 (R$ 25).

Daqui a 15 dias, a loja vai ganhar filial na Rua Pamplona, desta vez com mesas e cadeiras. A ideia de Duval Pestana, 60 anos, economista português que se apaixonou pelo Brasil há 30 anos, é abrir pelo menos 50 unidades da rede em São Paulo e em outras capitais até 2016.

“Mas nada de franquia, para não perdermos a qualidade”, diz ele, que faz questão de citar as marcas que usa, como a nata gaúcha Santa Clara, “a melhor do Brasil”. Adepto do Nordeste, mas recém-apaixonado por São Paulo, o empresário, dono de quatro restaurantes em Portugal, já tem planos para uma rede de botecos “com copo de vinho a preço de cerveja”.

SERVIÇO – Manteigaria Lisboa

R. Padre João Manuel, 37, Cerqueira César, 3032-2229, 7h30/22h (dom., 10h/18h)

>>Veja a íntegra da edição do Paladar de 13/8/2015