Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Onde comer pasta al cacio e pepe em São Paulo

Algumas massas são mais autênticas, outras nem seriam reconhecidas como cacio e pepe pelos puristas. Mas confira os lugares que servem a especialidade romana.

07 maio 2014 | 23:05 por patriciaferraz

FOTO: Daniel Teixeira/Estadão

Tappo. Muito boa e cheia de personalidade. É picante e suave ao mesmo tempo. Custa R$ 49.

R. da Consolação, 2.967, Cerqueira César, 3063-4864

Ficou com água na boca?

FOTO: Fernando Sciarra/Estadão

Loi Ristorantino. É uma boa massa. Mas não é a receita autêntica. Leva na base um creme de cogumelos

frescos. Custa R$ 69.

R. Dr. Melo Alves, 674, Cerqueira César, 3063-0977

FOTO: Tadeu Brunelli/Estadão

Italy. Muito saborosa. Mas leva limão, que acaba tomando conta do prato. Custa R$ 39.

R. Oscar Freire, 450, Jd. Paulista, 3168-0833

FOTO: Felipe Rau/Estadão

Trattoria. Massa bem feita, equilibrada, picante e delicada. Mas a porção é pequena. Custa R$ 59.

R. Iguatemi, s/n (entre a R. Joaquim Floriano e a Av. Horário Lafer), Itaim-Bibi, 3167-3322

FOTO: Epitácio Pessoa/Estadão

Osteria del Pettirosso. Ali o prato é feito com tonnarelli frescos. É bem cremosa e tem sabor suave. Custa R$ 45.

Al. Lorena, 2.155, Jd. Paulista, 3062-533

FOTO: Divulgação

VIROU PIZZA

É uma simpática brincadeira. Cacio e pepe virou cobertura de pizza na Bráz. A receita está no cardápio desde o ano passado, como parte de uma seleção especial em que molhos italianos clássicos de massa viraram pizza. Tem pizza alla carbonara, alla putanesca, mas a cacio e pepe é – sem dúvida – a mais bem-sucedida delas. Claro, não tem cremosidade nem molho, mas é uma boa aplicação da receita: a massa de bordas grossas é coberta por mussarela e recoberta com uma camada generosa de pecorino ralado e pimenta-do-reino. Intensa e picante. Custa R$ 66.

R. Vupabussu, 271, Pinheiros, 3037-7975. E mais dois endereços em São Paulo

>> Veja a íntegra da edição do Paladar de 8/5/2014

Ficou com água na boca?