Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Pinheiros ganha novo izakaya moderninho no visual e no cardápio

Toki tem ambiente despojado, releituras de receitas clássicas de boteco japonês e carta de drinques

11 outubro 2017 | 18:53 por Renata Mesquita

O Toki abriu as portas há pouco menos de um mês, na rua Artur de Azevedo. É um izakaya, como são chamados os boteco japoneses, bons para ir após o trabalho, para beber e comer bem sem gastar muito, em ambiente despretensioso. O Toki segue a risca o conceito, mas tem pegada mais moderna que os tradicionais, na Liberdade. A fachada é de vidro, o ambiente é despojado – com muito concreto e paredes amarelas – e sem referências orientais. Está mais para Nova York que para Tóquio. 

O novo Toki tem ambiente é despojado – com muito concreto e paredes amarelas – e sem referências orientais. Está mais para Nova York que para Tóquio.

O novo Toki tem ambiente é despojado – com muito concreto e paredes amarelas – e sem referências orientais. Está mais para Nova York que para Tóquio. Foto: Lila Batista

Mas, o indispensável balcão está lá. E comporta a maioria dos lugares da casa. Quem senta ali pode ver o preparo de boa parte dos pratos do enxuto cardápio – que recebe uma dose de inovação, ainda que respeite a culinária tradicional. O menu é forte em porções para beliscar, como as missô wings, asinhas de frango com molho adocicado de missô e gergelim (R$ 25), o guioza de kabochá (abóbora) com nirá (R$ 19), e o bun (sanduíches no pão chinês no vapor) de barriga de porco e maionese de sriracha (R$19).

+ Saiba onde comer lámen em São Paulo

Ficou com água na boca?

+ Onde comer bun em São Paulo

A sequência de receitas comfort food prossegue na ala dos pratos principais. O karê (R$ 31) ensopado de curry japonês vem com gohan, e uma proteína empanada que pode ser karaage (frango) ou tonkatsu (carne). O carro-chefe da casa é o okonomiyaki (R$ 29), panqueca japonesa feita com repolho e copa lombo laminada e finalizada com molho tonkatsu, maionese, nori e katsuobushi (flocos de peixe seco). Preparada naquela frigideira retangular japonesa, ela vai bem tanto para matar sozinho como para dividir. 

Há ainda outros clássicos do gênero, como berinjela no missô, oniguiri, tataki de atum e choux cream para sobremesa. 

Os saquês, parte fundamental do conceito izakaya, tem carta elaborada pela sommelière de saquês Sônia Yamane. 

Comida conforto. Okonomiyaki, com repolho, copa lombo e molho tonkatsu para dividir

Comida conforto. Okonomiyaki, com repolho, copa lombo e molho tonkatsu para dividir Foto: Lila Batista

Mas a nova casa também investiu nos drinques e oferece os tradicionais (gim tônica, negroni, fitzgerald, todos custam R$ 25) e dois autorias, entre eles um que combina kombucha com Aperol, Campari e champanhe; tem ainda um outro que leva limão yuzu e bourbon. Se você vai de cerveja, as opções são Heineken (R$12), Kirin (R$ 11), a importada Orin (20) e as artesanais da Prime bier. 

+ Henrique Fogaça leva Sal para Shopping Cidade Jardim

Por enquanto, o Toki só abre no jantar, mas até o final do mês os donos prometem passar a oferecer almoço, com opções de prato executivo à preços amigáveis (entre R$ 29 e R$ 35). 

SERVIÇO

IZAKAYA TOKI

R. Artur de Azevedo, 986, Pinheiros.

Tel.: 3061-2349.

Horário de funcionamento: 19h/23h (sex. e sáb., 19h/0h; fecha domingo).

Ficou com água na boca?