Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

René Redzepi abrirá seu segundo restaurante

Chef do Noma terá uma segunda casa em Copenhague, com proposta mais casual

07 dezembro 2015 | 16:54 por carlaperalva

O Noma não será mais filho único. René Redzepi abrirá seu segundo restaurante. Criado em parceria com o chef Kristian Baumann, que vai comandar a cozinha, o 108 será inaugurado ainda no primeiro semestre de 2016 a poucos metros do primogênito.

Se o Noma atrai foodies do mundo e exige reserva com meses de antecedência, o 108 tem a proposta de ser um lugar mais casual, onde famílias e amigos da região possa fazer refeições descontraídas.

“Nós ficamos seis meses nos preparando para esse projeto: criamos pratos, começamos parcerias com diversos produtores, e salgamos, preservamos e fizemos picles de deliciosas frutas, plantas e flores que a natureza tem a oferecer”, conta Baumann, sobre sua parceria com Redzepi, no texto que anuncia o novo restaurante.

Com a inauguração oficial marcada para a primavera (do Hemisfério Norte) de 2016, a nova casa terá um período de teste já no começo do ano. Enquanto o Noma estiver funcionando em versão pop-up na Austrália, a sua cozinha em Copenhague será tomada por um outro pop-up, do 108. De 20 de janeiro a 16 de abril, o novo restaurante funcionará dentro do primeiro, servindo pratos a la carte e vinhos. Já é possível fazer reservas online – mas o site garante que haverá lugares para quem estiver de passagem e quiser comer.

Ficou com água na boca?

Almôndegas de peixe servidas com molho de mexilhão e salsinha e alga marinha tostada. FOTOS: Reprodução

Barriga de porco grelhada com agulhas de pinheiro

Salada de talos de alface com marinada de ostra

Os pratos e sobremesas variam entre 75 e 180 coroas dinamarquesas (R$ 41 e R$ 98). No Noma, o menu-degustação  sai por 1.700 coroas (R$ 790).

O Noma ficará fechado em 2016 e deve reabrir em 2017 em um outro endereço, como uma fazenda urbana e com novos pratos.

Ficou com água na boca?