Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Restaurante Vista é inaugurado no topo do MAC. E a vista é só um dos motivos para ir

Paisagem estonteante é apenas uma das razões para ir ao Vista, o restaurante do chef Marcelo Correa Bastos que será aberto na cobertura do Museu de Arte Contemporânea da USP

04 abril 2018 | 19:36 por Patrícia Ferraz

Que vista! De um lado está o Parque do Ibirapuera, do outro, o Obelisco, atrás, o Instituto Biológico e, do outro, a cozinha envidraçada. O Vista, que abre oficialmente nesta sexta (6), ocupa boa parte da cobertura do Museu de Arte Contemporânea, o MAC-USP. 

Vista da varanda do novo Vista, no topo do MAC

Vista da varanda do novo Vista, no topo do MAC Foto: Amanda Perobelli|Estadão

O restaurante tem todas as paredes envidraçadas – na verdade, são portas de vidro que se abrem deixando entrar o clima de ar livre do terraço, que circunda o salão projetado pelo escritório Prototype. A decoração contemporânea com móveis de linhas básicas, granilite e madeira completa o clima. O lugar é um show. 

A vista já vale a visita. Mas ainda tem mais: a comida do Marcelo Correa Bastos, dono do premiado Jiquitaia. O chef especializado em cozinha brasileira executada com técnica, equilíbrio de sabores e apresentação impecável, manteve seu estilo no cardápio da nova casa, onde promete dar expediente toda noite. Diz que o Jiquitaia funciona sozinho, com o time bem treinado por ele. 

Ficou com água na boca?

O cardápio é enxuto, mas com opções suficientes para deixar todo mundo em dúvida. São oito entradas, entre elas a porção de croquetes de pupunha, com recheio cremoso, crosta crocante e bem sequinha, servidos com maionese de pimenta de cheiro; bolinhos de siri; quiabos grelhados com maionese de dendê e farofa de camarão seco; carapau selado com leite de amendoim e azedinha. 

Quiabo com farofa de camarão

Quiabo com farofa de camarão Foto: Amanda Perobelli|Estadão

Arroz de frutos do mar

Arroz de frutos do mar Foto: Amanda Perobelli|Estadão

Os oito principais incluem um belo arroz de frutos do mar. O cordeiro é servido com molho de maniva e especiarias com banana-da-terra grelhada; a moqueca capixaba com peixe e camarão vem com farofa; tem ainda churrasco com arroz biro-biro da casa; pato no tucupi e até um ravióli vegano com caldo de cogumelos e ervas frescas.

A oferta de sobremesas é pequena, apenas quatro, mas vai ser difícil escolher entre a pavlova com curd de limão e sorvete de cambuci, a terrine de chocolate com calda de caramelo e kinkan, a torta de caramelo com sorvete de castanha-do-pará e as carolinas com chantilly de amêndoas, creme de banana e sorvete de canela. As entradas custam de R$ 23 a R$ 45, os pratos principais vão de R$ 58 a R$ 83. E as sobremesas, de R$ 18 a R$ 28.

LEIA MAIS:

+ Vegetariano Homa é nova aposta do chef José Barattino

+ Novo Axado é um gastrobar à portuguesa

+ Salmão de dois jeitos: um épico, um para fazer rapidinho

Numa das extremidades do restaurante, está instalado o bar Obelisco, que será comandado pelo bartender Zulu, com um cardápio de drinques autorais, além dos clássicos. O bar tem uma parte interna e mesas em um terraço coberto. Ao lado dele, numa área aberta, serão instaladas cadeiras de praia, para as pessoas ficarem por ali, descontraidamente.

O Vista só abre para o jantar, quando o museu está fechado, uma pena. Apenas nos fins de semana vai funcionar no almoço e com pratos fixos. Aos sábados, feijoada. Aos domingos, leitão pururuca com tutu de feijão. No próximo verão, deve abrir também ali um bar de ostras e crudos. No terraço. 

Difícil um restaurante aliar tão bem a vista, o ambiente e a comida. Bem-vindo, Vista. 

Salão projetado pelo time do Prototype

Salão projetado pelo time do Prototype Foto: Amanda Perobelli|Estadão

SERVIÇO

VISTA 

MAC - USP

Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, 8°andar, acesso pelo portão principal.

Tel.:  97382-7261 

Horário de funcionamento: 19h/23h30 (sex. e sáb., até 1h; fecha dom. e seg.).

Ficou com água na boca?