Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Sede 261 serve vinho na garagem ao som de hip hop

Nova casa de Cássia Campos e Daniela Bravin abrirá três vezes por semana em Pinheiros. No verão, aos sábados, ostras acompanham os vinhos

10 janeiro 2018 | 19:09 por Isabelle Moreira Lima

“Tirar a gravata do vinho” virou ladainha entre os profissionais da área. Mas as sommelières Daniela Bravin e Cássia Campos – que não costumam proferir tal expressão – conseguiram não só despir a bebida como colocá-la na calçada, ao som de hip hop. 

Na nova Sede 261, que as duas abrem ao público três vezes por semana a partir de hoje (11), é possível provar rótulos garimpados pelas duas em pequenos flights, como os vinhos feitos com a uva País, chilena, que elas trouxeram de sua última aventura no país. 

Daniela Bravin e Cassia Campos na nova casa em Pinheiros

Daniela Bravin e Cassia Campos na nova casa em Pinheiros Foto: Lua Sampaio

Às quintas e sextas, a sede funciona para o happy hour, das 17h às 22h. Não há cozinha na sede e a ideia é que, se há fome, se use a rede de delivery da região com a infraestrutura da casa, que oferece prato, talheres, azeite etc. Para os aventureiros, é um prato cheio, afinal as duas harmonizarão qualquer pedido, seja sushi, empanada, hambúrguer ou massa, com rótulos de seu acervo. Já aos sábados, ao longo do verão, além dos vinhos, Bravin e Cássia servirão ostras de Santa Catarina.

Ficou com água na boca?

+40 vinhos para o verão de R$ 42 a R$ 120

+ Três cervejas para levar para praia

Na diminuta sala, há apenas uma mesa de dez lugares. A calçada também é utilizada para abrigar os bebedores, com capacidade para mais dez. Mas no último sábado, dia de inauguração, até a rua ficou tomada. “Devemos repetir a festa na rua e convidar amigos a trazerem suas comidas. Nós que sempre itineramos, agora receberemos”, conta Bravin, em referência ao projeto Sommelier Itinerante, que leva vinhos a lugares sem serviço da bebida, como a Comedoria Gonzales e até o sebo Desculpe a Poeira. A ideia é que chefs como Checho, da Comedoria, e Telma Shiraishi, do Aizomê, e a turma do Izakaya Matsu levem pratos para serem servidos ali.

Nos dias em que está fechado ao público, a sede funciona como sala de degustação de eventos fechados, para treinamentos e como escritório de outros projetos da dupla, como as caixas da titia, seleção de vinhos com curadoria da dupla e vendidos em caixas.

Serviço

SEDE 261

R. Benjamim Egas, 261, Pinheiros.

Horário de funcionamento: Quinta e sexta das 17h às 22h; sábados das 12h/18h

Mais informações: titia@sommelieritinerante.com

 

Ficou com água na boca?