Paladar

Restaurantes e Bares

Restaurantes e Bares

Um pouco de Loi chega ao Morumbi Shopping

O italiano Salvatore Loi abre o Tavola em parceria com a loja Grand Cru do Morumbi Shopping, com versão mais acessível de sua comida

10 agosto 2016 | 19:13 por Ana Paula Boni

Não se trata de uma filial do Loi, o restaurante do italiano Salvatore Loi, inaugurado em maio nos Jardins. Mas há no novo Tavola, instalado na loja Grand Cru do Morumbi Shopping, a chance de se comer pratos com o DNA do cozinheiro sardo pagando menos por isso.

No menu da casa, que abre em cerca de dez dias em parceria com a importadora de vinhos, há uma versão da já famosa lasanha do chef, levemente tostada, feita com vitela, espinafre e fonduta de grana padano – sem as trufas negras do Loi, mas com boa diferença de preço, de R$ 75 para R$ 58. As massas do novo lugar, nhoque, nhoquete, baulette (recheado de ricota e servido com manteiga de especiarias, prato que tem intenso perfume de laranja), são todas feitas na cozinha de produção nos Jardins. 

Há também o cabelo de anjo, servido com um molho a carbonara que leva gema peneirada, bacon não defumado cortado em tirinhas fininhas e creme de leite. Creme de leite, Salvatore? Sim, o chef não esconde o fato, já que, diz ele, na Itália todas as versões são possíveis. “A Itália tem 50 milhões de habitantes e 25 milhões são cozinheiros. Cada um tem uma receita”, diz, entre risos. 

Milanesa de costela alta de porco servida com cabelo de anjo na manteiga e sálvia

Milanesa de costela alta de porco servida com cabelo de anjo na manteiga e sálvia Foto: Tiago Queiroz|Estadão

Ficou com água na boca?

O bacon, assim como o salame com pistache que vai na entrada de abobrinha à parmegiana (R$ 32), são feitos por ele e sua equipe. Além das massas, há duas opções de risoto e quatro sugestões de carnes e peixes, que incluem a alta e úmida costela de porco à milanesa com cabelo de anjo na manteiga e sálvia (R$ 56). Para começar, oito entradas (carpaccio, burrata e saladas), além de aperitivos, como tábua de frios, servidos a qualquer hora do dia.

É um dos braços-direitos de Salvatore, o italiano Angelo Tonti, com o chef há quatro anos, quem estará todos os dias no local. Quem quiser acompanhar sua atuação pode se acomodar no balcão que separa a cozinha do salão. 

Ao todo, são 42 lugares, incluindo uma mesa comunitária, a tal da távola que dá nome à casa e acomoda 12 pessoas. Os vinhos estão por todo lado e podem ser consumidos pelo preço de prateleira – a importadora tem um catálogo de mais de mil rótulos, mas uma carta com cerca de 100 opções (a partir de R$ 70, taça a partir de R$ 18) ajuda o cliente na combinação com os pratos. 

O chef Salvatore Loi finaliza prato no balcão do novo Tavola

O chef Salvatore Loi finaliza prato no balcão do novo Tavola Foto: Tiago Queiroz|Divulgação

Outras lojas. A importadora de vinhos Grand Cru tem outras unidades com restaurantes, como o Ecully em Perdizes e na Vila Nova Conceição (aberto em setembro do ano passado). “A Grand Cru não quer ter restaurante próprio. Queremos fazer parcerias com quem sabe fazer boa comida”, diz Cassiano Contador, gerente comercial que ajudou a colocar o projeto de expansão de pé, que também inclui uma fusão com a pizzaria Esperança no Itaim Bibi.

Outras lojas de vinho vêm apostando na ideia de unir comida a rótulos nas prateleiras, como a Ville du Vin (aberta em novembro no Itaim Bibi), a Vinoteca (também do fim de 2015, em Perdizes) e Au Vin (há dois anos na Vila Nova Conceição).

Bauletti recheados de ricota e servidos com manteiga de especiarias

Bauletti recheados de ricota e servidos com manteiga de especiarias Foto: Tiago Queiroz|Estadão

SERVIÇO

Tavola

Grand Cru do shopping Morumbi

Av. Roque Petroni Júnior, 1.089, piso superior, loja 234A.

Tel.: 5181-0070

Funcionamento: 12h/22h (dom., 14h/20h)

Ficou com água na boca?