Paladar

Receitas

Receitas

FELIPE RAU
FELIPE RAU

Croque monsieur

A crocância e o molho fazem do Croque Monsieur um clássico de dar água na boca

por Redação Paladar

Ele nasceu de um acidente: o sanduíche de presunto e queijo do trabalhador francês foi esquecido em lugar muito quente na fábrica e o pão murcho ficou crocante, o queijo derreteu e voilà – nascia um clássico. Se a história é verdadeira, não se sabe? Bem… o fato é que, em 1910 ele começou a aparecer nos cafés parisienses. Ganhou sabores até chegar à fórmula atual, tostado e com molho bechamel.

Preparo

Molho:

1Aqueça manteiga em uma panela no fogo baixo. Junte a farinha e cozinhe, misturando com uma colher grande ou batedor de arames (fouet), por cerca de dois minutos, sem deixar escurecer. Junte o leite aos poucos, uma colher de cada vez, mexendo sempre.
2Deixe o molho no fogo baixo, sem parar de mexer, até engrossar. Tempere com sal, noz-moscada e pimenta-do-reino.

 

Montagem:

1Derreta a manteiga em uma frigideira e doure os dois lados das fatias de pão. Retire. Espalhe a mostarda e o molho bechamel nas fatias.
2Acomode o presunto e seis colheres de sopa do queijo ralado em uma das fatias. Feche o sanduíche, espalhe mais molho bechamel no topo e salpique o restante do queijo por cima. Leve ao forno médio preaquecido (180°C) até o queijo derreter e o topo dourar.

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.