Paladar

Conheça os segredos e a alquimia da nova carta de drinques do Frank Bar

Balcão do Giba

Drinques para fazer em casa

Conheça os segredos e a alquimia da nova carta de drinques do Frank Bar

Comandado pelo premiado bartender Spencer Amereno Jr., bar do hotel Maksoud Plaza lança drinques inspirados nos elementos terra, água, fogo e ar

09 de setembro de 2019 | 18h16 por Gilberto Amendola

O Frank Bar, sob o comando do premiado bartender Spencer Amereno, lança sua nova carta de coquetéis daqui a uma semana – nos dias 16 e 17 de setembro. Mas, aqui no blog, já adiantamos como será essa nova leva de drinques.

Trata-se do Volume V, menu baseado nos elementos da terra, fogo, água e ar. “Dessa vez, será uma carta para bebedores de bico fino, para um público mais acostumado com coquetelaria”, diz Amereno.

O mixologista Spencer Amereno Jr. FOTO: Nilton Fukuda/Estadão

Segundo ele, a ideia é prestar mais atenção nos insumos utilizados, ter mais frescor e otimizar os produtos da  própria horta. “Vamos utilizar o que a gente tem na horta em nossos xaropes, garnishes, infusões. Tudo isso baseado naquilo que restaurantes de alta gastronomia já fazem pelo mundo”, completa.

Em conversa na própria horta do Maksoud Plaza (pra quem não conhece, o Frank fica no lobby do hotel), Amereno também falou sobre os princípios básicos de seu novo menu: “A ideia é ser minimalista no coquetel,  mas com informações que provoquem a curiosidade do consumidor. O cara vai ver olhar o drinque e falar: ‘de onde veio esse copo?’,  ‘que garnish é essa?'”.

No conceito da carta, que tem 17 coquetéis, o elemento Terra vem exatamente da horta. O Fogo será a destilação. A Água será representada pelo gelo. O Ar será o próprio ambiente do bar (com muito jazz), que figura na lista dos 100 melhores do mundo.

Gin Buck traz ingredientes da horta do hotel. FOT: Lombardi’s Fotografia

Com a nova carta, Amereno também quer contar um pouco da história da coquetelaria – com releituras focadas no trabalho de bartenders que vieram antes do próprio Jerry Thomas (considerado o pai da coquetelaria mundial). “O começo da carta nova tem essa busca pelo coquetel pré-Jerry Thomas. Existem poucos registros e quase nenhuma receita desse período. Neste sentido, são releituras bastante autorais”, diz.

Já a segunda parte do menu são os drinques autorais de Amereno, com homenagens ao filho, ao pai e a um contemporâneo de Jerry Thomas, o bartender William Schmidt.”Ele foi um pouco relegado porque não era ligado aos clássicos. No trabalho dele, já tinha essa coisa de misturar seis, setes ingredientes… Algo que foi recuperado pela coquetelaria de Londres. Hoje, ele é bem visto pela indústria”, explica.

A última parte da carta irá apresentar quatro coquetéis que já fizeram sucesso no próprio Frank Bar. São eles: Ataraxia (defumado, cítrico, levemente frutado, à base de Evan Williams Black); Improved Whiskey Cocktail (bourbon Woodford Reserve, tintura de absinto, estragão mexicano, folha de pitanga, charuto e Jerry Thomas Own Decanter Bitters); The Crusher (Brandy de Jerez Fernando de Castilla Solera Reserva, Bacardi 8, Amaro Lucano, Martini Rosso, tintura de pimenta da jamaica) e Dead Habit (uísque irlandês, cachaça, Cointreau, limão galego, bitters e hortelã).

Gin Cocktail, espécie de old fashioned com gim, é destaque da nova carta. FOTO: Lombardi’s Fotografia

A pedido do Balcão do Giba, Amereno destacou um dos novos coquetéis da carta, o Gin Cocktail, uma espécie de old fashioned com gim. Além de gim, claro, o drinque leva um xarope de cíticos, bitter da casa e um dash de Pierre Ferrand Dry Orange Curaçao – apresentado em um copo de cerâmica customizado.

Os drinques da nova carta custam de R$ 38 a R$ 45.

Onde | O Frank Bar fica no lobby do hotel Maksoud Plaza, na R. São Carlos do Pinhal, 424, Bela Vista.

Tags:

Ficou com água na boca?