Paladar

Não deixe o speakeasy de hoje matar o boteco (raiz) de sempre

Balcão do Giba

Drinques para fazer em casa

Não deixe o speakeasy de hoje matar o boteco (raiz) de sempre

E aprenda a fazer um drinque fácil e refrescante com gim, folhas de agrião e suco de limão, criado pelo mestre Netinho, do Boteco Paramount

15 de fevereiro de 2019 | 14h02 por Gilberto Amendola

Vamos falar baixo…

Mas não deixem o speakeasy de hoje matar o boteco de sempre.

Esta semana, o blog visitou o Boteco Paramount, criado por uma das grandes figuras da noite de São Paulo, o mestre Netinho.

Netinho nasceu no Piauí. Ao se mudar para São Paulo, começou trabalhando em cozinha de restaurante e lavando copos. Esperto, observador, logo pegou o jeito de fazer caipirinhas, gim tônicas, rabos de galo e outras misturinhas. Neto foi um dos funcionários mais queridos (pelo menos pela clientela) do Astor, tradicional bar na Vila Madalena.

Depois de anos de Astor, juntou-se ao irmão, que já era dono de restaurante japonês, na aventura de abrir o próprio boteco.

Drinque Carolina do Boteco Paramount. FOTO: Bruno Nogueirão/Estadão

Pensou em batizá-lo de “Para Mão”, uma referência à tremedeira nas mãos de quem abusa no álcool. Não era um nome lá muito animador. Por isso, aconselhado por amigos, sofisticou a ideia do “Para Mão”, transformando em “Paramount” e dando ares cinematográficos à piada original.

No Paramount, Netinho teve a sacada de vender coquetéis simples por preços acessíveis. Enquanto alguns bares flertavam com negronis ou gim tônicas batendo na casa dos R$ 30, R$ 35, ele conseguia comercializar os drinques da moda por “vinte e poucos”, ou até menos.

É certo que a popularização dos coquetéis em São Paulo deve alguma coisa ao mestre Netinho.

Com o sucesso, e o Paramount sempre cheio, outro estabelecimentos de coquetelaria popular abriram pela cidade – o próprio Netinho já abriu outros bares com a mesma proposta.

Ano passado, o Paramount teve problemas com a Prefeitura por conta do barulho e mesas na calçada. Felizmente, a questão foi resolvida e o boteco foi reaberto, menos barulhento e com cuidados para não atrapalhar o trânsito da calçada e a vizinhança.

No vídeo de hoje, você vai aprender um drinque que é a cara do Paramount. Trata-se do Carolina, uma receita simples e rápida, fácil de fazer em casa, como quase tudo que o Neto vende em seu bar.

 

A receita do Carolina:
8 folhas de agrião
25 ml de limão-siciliano
15 ml de xarope simples de açúcar (xarope feito com duas partes de açúcar e uma de água)
60 ml de gim
>Coloque todos os ingredientes na coqueteleira. Macere as folhas de agrião dentro da mesma coqueteleira com ajuda de socador. Adicione gelo e bata com vigor. Coe o líquido para um copo baixo com gelo. Decore com mais uma folha de agrião. E seja feliz.

O Boteco Paramount fica na R. dos Pinheiros, 1.179, em Pinheiros.

Tags:

Ficou com água na boca?