Paladar

Para beber como um italiano: conheça o Bottega 21

Balcão do Giba

Drinques para fazer em casa

Para beber como um italiano: conheça o Bottega 21

Com Michel Felício (ex-Pineapple) como bartender e sócio, casa tem coquetelaria e cozinha com sotaque italiano

15 de outubro de 2021 | 13h11 por Gilberto Amendola

Olá, amigos.Todos bem?

Às vezes, na vida, a gente precisa deixar que algumas coisas acabem, que fechem seus ciclos para que o novo possa nascer.

A coluna de hoje é sobre isso. O Pineapple, um dos bares mais queridos de muitos bartenders de São Paulo, deixou de existir durante a pandemia. Felizmente, no lugar dele, com o mesmo endereço e sócio (Michel Felício), acaba de nascer o Bottega 21.

Trata-se de um bar de coquetelaria e gastronomia italiana – que além de Felício, tem Laura Oliveira e Alexandre Vorpagel como sócios.

 

Alexandre Vorpagel, Michel Felício e Laura Oliveira. FOTO: Amanda Francelino

A inspiração, claro, são as bottegas italianas de ambiente informal. Aqui, por exemplo, não existem mesas – mas um grande balcão acolhedor. Por isso, os pratos são sempre individuais e em pequenas porções – reforçando a ideia de um lugar para petiscar.

Na inauguração, experimentei o Scarpeta (R$ 33) – ragú de carne rústica servido com pão de fermentação natural.

Mas o nosso foco aqui é a coquetelaria. Nesta seara, o bartender e sócio da casa apresenta criações com uma pegada italiana. Experimentei duas novidades, o Negroni Cioccolato (com gim, Campari com infusão de nibs de cacau, vermute tinto e chocolate com cumaru) e o excelente Torino (Bourbon, licor de flor de sabugueiro, amaro, vermute tinto e bitter de laranja). 

Negroni Cioccolato. FOTO: Amanda Francelino

Este último, o Torino, tem potencial para ser um clássico da casa. Não deixe de experimentá-lo (um dos ótimos drinques experimentados neste ano).

Não tomei, mas já estou namorando para as próximas visitas, o Old Masala Chai (Bourbon, massala chai, bitter de laranja e bitter aromático) e o Arancione (Bourbon, amaro, limão, xarope de figo e clara). A maioria dos drinques autorais custam R$ 35, em média.

Como uma casa italiana, não poderia faltar o vinho. A carta de vinhos do Bottega possui cerca de 20 rótulos, selecionados pelo sommelier Gustavo Cunha.

O Bottega 21 fica na Rua dos Pinheiros, 1.308, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. 

FOTO: Amanda Francelino

 

Tags:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?