Paladar

Qual coquetel é a cara da sua mãe? (E uma receita de drinque com cachaça e Fernet)

Balcão do Giba

Drinques para fazer em casa

Qual coquetel é a cara da sua mãe? (E uma receita de drinque com cachaça e Fernet)

Neste Dia das Mães, o Nordestino Sour, que leva cachaça, Fernet, mel, laranja e limão, pode ser o coquetel que abraça a personalidade de várias matriarcas

10 de maio de 2019 | 16h25 por Gilberto Amendola

Taí uma brincadeira edificante para o Dia das Mães: qual coquetel é a cara da sua mãe?

● Para mães mais severas eu ofereceria um dry martini.
● Para aquelas mais temperadas, um bloody mary.
● Doces e levemente picantes: moscow mule.
● É sexy? Então, cosmopolitan.
● Não, não, ela é mais conservadora: old fashioned.
● Clássica, mas ousada: sazerac.
● É dona de um humor ácido: daiquiri.
● Parece amarga, mas não é: negroni.
● É viajada: manhattan.
● Se for animada: mojito ou margarita.

Pensei nessa comparação mães/coquetéis depois de visitar o Pineapple Bar. O drinque responsável por essa epifania foi o Nordestino Sour, que leva cachaça branca, Fernet, mel, suco de laranja e de limão. Embora complexa e forte, a criação do barman Michel Felicio desce macio e fácil. Acho que seria o coquetel que abraçaria a personalidade de várias mães em um só copo ou gole.

Tenta fazer em casa seguindo o nosso vídeo. Quem não conseguir, pode visitar o Pineapple, que fica na Rua dos Pinheiros, 1.308.

 

Receita do Nordestino Sour:
50 ml de cachaça branca
25 ml de suco de limão-tahiti
15 ml de suco de laranja-baía
20 ml de mel (aqui foi usado o de jataí)
15 ml de Fernet
25 ml de clara de ovo pasteurizada
> Coloque todos os ingredientes, menos a clara de ovo, em uma coqueteleira e mexa um pouco para ajudar na diluição do mel. Depois, acrescente a clara e bata ainda sem o gelo para emulsificar. Em seguida, coloque gelo na coqueteleira e bata novamente. Faça uma dupla coagem, sirva em um copo com gelo e finalize com uma casquinha de limão.

 

Nordestino Sour. FOTO: Bruno Nogueirão/Estadão

 

Notícias do mundo da coquetelaria

Shot 1. O Ambar, bar especializado em cervejas artesanais, acaba de lançar uma carta de drinques. De autoria do mixologista Marco de La Roche, a carta traz os chamados beer cocktails (coquetéis com cerveja). Destaques para o Ipa Lelê (rum branco, licor de lichia, manga e pimenta com cerveja IPA) e A Doidera é Isso (bourbon com infusão de café, vermute branco e redução de stout com especiarias). Os preços variam de R$ 15 a R$ 32. O Ambar fica na Rua Cunha Gago, 129, Pinheiros.

 

Shot 2. No último dia 8, o H.Gin revelou sua nova carta temática. A novidade são seis aperitivos servidos em temperatura ambiente (sem gelo no copo). Destaque para a ousadia do Buiom, um aperitivo com gim e consomê de carne servido em um prato de sopa. Os aperitivos saem por R$ 21. O H.Gin fica na Rua Ministro Gastão Mesquita, 586, Perdizes.

View this post on Instagram

Nos últimos meses nos desafiei (eu e @henriquehudsons) a criar uma nova carta temática para o H. Pensei em qual seria o tema que nos desafiasse a criar coquetéis que fossem perfeitamente equilibrados, e quais os elementos que habitualmente apresentam e escondem esse equilíbrio. Cheguei à conclusão que o uso do Gelo tem papel fundamental no arremate final de equilíbrio em grande parte dos coquetéis. Pensando nisso fomos para o lado oposto. A ideia proposta foi criar coquetéis que pudessem ser bebidos sem nenhum tipo de refrigeração. E assim nasceu nossa carta temática de “Coquetéis Aperitivo”. São 6 coquetéis, 1 servido morno e 5 em temperatura ambiente, em doses menores que o tradicional, pra você beber aproveitando o máximo deles sem ter o paladar influenciado pelo uso do gelo. Na minha opinião a carta ficou foda. Esta carta fica disponível no H nos próximos 2 meses (como um complemento da nossa carta padrão). Se você gosta de bebe, deveria passar lá e provar o que estamos propondo. Ficou incrível! Ps: Esse prato da foto leva o coquetel chamado Buiom. Leva Gin e Consomê de Carne. Salgado e Morninho. Foda pra caralho!!!

A post shared by Luis Marcelo Nascimento (@lmnascimento) on

 

Shot 3. Para os amantes de Amarula. Acaba de chegar ao mercado uma nova versão do produto, a Amarula Vanilla Spice. Ela combina extrato de baunilha e raiz de gengibre. O resultado é um sabor de baunilha levemente temperado. O valor sugerido do produto é R$ 119,90.

 

Shot 4. A criadora do canal Preciso de um Drink, Ananda Rubinstein, está promovendo um workshop de coquetéis úteis para festinhas em apartamento. Na aula, ela vai ensinar o preparo de cinco drinques clássicos. O evento será no próximo dia 23, às 19h, no Azucar (Rua Dr. Mário Ferraz, 423). Os ingressos custam R$ 150 (com direito aos drinques e petiscos) e devem ser comprados pelo site Vamo.

 

Shot 5. O Latitude 12, restaurante especializado em culinária baiana, lança uma carta com drinques batizados com expressões regionais (baianas). Destaque para coquetéis como o Retado (cachaça branca, gengibre, vermute seco e xarope de limão com pimenta) e De Lenhar (bourbon, cassis e limão-siciliano). A carta foi elaborada pelo bartender Antonio Mendes. O Latitude 12 fica na Rua Fradique Coutinho, 1.048, Vila Madalena.

 

Shot 6. Deu no New York Times. A polêmica dessa semana envolve um dos maiores jornais do mundo e o Aperol Spritz. Em artigo publicado no último dia 9, o New York Times diz que o Aperol não é um bom drinque (e que pelo menos não está sendo preparado da melhor forma). Imediatamente, publicações como Washington Post e New York Magazine também entraram na polêmica e até defenderam o coquetel. A internet foi à loucura.

 

Shot 7. Acaba de sair a lista com os 50 melhores bares de coquetel da Ásia. Aqui, os 10 primeiros colocados do The World’s 50 Best Bars:
1 – The Old Man, Hong Kong
2 – Manhattan, Cingapura
3 – Indulge Experimental Bistro, Taipei
4 – Native, Cingapura
5 – Atlas, Cingapura
6 – High Five, Tóquio
7 – Speak Low, Xangai
8 – The Bamboo Bar At M.o., Bangcoc
9 – Jigger & Pony, Cingapura
10 – Quinary, Hong Kong
A lista completa está aqui.

Tags:

Ficou com água na boca?