Paladar

Vinicius Demian, do Santana Bar, é o campeão da etapa brasileira do World Class

Balcão do Giba

Drinques para fazer em casa

Vinicius Demian, do Santana Bar, é o campeão da etapa brasileira do World Class

Bartender de apenas 24 anos vai representar o Brasil na etapa mundial do campeonato na Austrália

24 de junho de 2022 | 09h00 por Gilberto Amendola

Olá, amigos, todos bem?

Recuperados da festa do BCB? Foi bonito demais.
A coluna de hoje é sobre ele, o campeão da etapa brasileira do World Class, Vinicius Demian.

O bartender Vinicius Demian Foto: Diageo

Vinicius tem só 24 anos e acaba de vencer uma das principais competições de coquetelaria do mundo (organizada pela Diageo). A final foi realizada na última terça-feira, 21, no primeiro dia do Bar Convent Brasil (BCB). Agora, ele vai representar o país na final mundial que será realizada na Austrália.

Para conferir o trabalho do Demian, visite o Santana Bar, em Pinheiros. A casa é a única (que eu conheço) com dois vencedores do World Class na equipe. Além de Demian, Gabriel Santana, bartender e sócio do bar, já ganhou em 2017 (quando vivia na Suíça) e 2019 (já pelo Brasil).

Quando for ao Santana experimente o drinque batizado como Cajueiro – que leva Black Label, fat washed com castanha de caju, laranja clarificada, vermute de caju, Frangelico e bitter.

O Santana fica na Rua Joaquim Antunes, 1026, Pinheiros. 

Demian respondeu duas perguntinhas sobre o resultado do World Class:

 Quais são as expectativas para a etapa internacional da competição?
Eu vou trabalhar muito, trabalhar duro e forte pra poder chegar lá, representar o Brasil e colocar a bandeira do meu país o mais alto que eu puder. Quero mostrar pro mundo que o Brasil vem evoluindo na coquetelaria e pode um dia chegar ter o campeão global do World Class
 
– Como você acredita que ter vencido a fase brasileira do World Class vai impactar a sua carreira?
É um divisor de águas. Daqui pra frente eu vou ter uma carreira totalmente diferente do que eu teria sem esse prêmio. O World Class realmente muda a vida, não só de quem ganha, mas de todos os participantes. A gente forma uma família, acho que esse é o meu maior prêmio aqui. Eu ganhei uma família, e ela se chama World Class

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?