Paladar

Bodebrown fecha acordo com Whitelabs

13 março 2012 | 14:00 por Roberto Fonseca

Quem é microcervejeiro ou cervejeiro caseiro deve ter ficado curioso com o título acima. Mas quem é leigo no assunto não deve ter entendido patavina, logo, cabe a explicação. A cervejaria paranaense Bodebrown fechou um acordo com a norte-americana White Labs, uma das referências em fermentos cervejeiros líquidos no mercado. A marca brasileira passará a revender amanhã as leveduras para micros e homebrewers.

Hoje, grande parte das produções cervejeiras no Brasil ainda se baseia em fermentos secos, que têm vantagens de conservação, mas, segundo especialistas, também possuem desvantagem em relação ao líquido no produto final, a cerveja. Segundo apurou o blog, serão mais de 40 tipos de levedura. Até agora, cervejeiros interessados em usar o fermento líquido apelavam em boa parte à mala dos amigos. Segundo a Bodebrown, as entregas dos pedidos serão feitas por avião. Em 2009, representantes da White Labs estiveram no País para a Brasil Brau, evento cervejeiro bienal em São Paulo, mas, até agora, não haviam selado nenhum acordo comercial para venda de seus produtos por aqui.

Em tempo: Segundo informou a Bodebrown agora há pouco, as leveduras devem custar entre R$ 22,90 e R$ 26,90. A base de comparação, afirmam, é custo aproximado de US$ 7 lá nos EUA e de US$ 11 aqui.

Em tempo 2: O David Figueira, da Acerva Paulista e da Lamas Bier, escreveu há pouco no mailing de cervejeiros paulistas que a Lamas Brewshop, futura loja de insumos cervejeiros em Campinas, também fará venda autorizada dos fermentos da White Labs em São Paulo, com data de início e valores ainda a definir.

Tags:

Ficou com água na boca?