Paladar

Cerveja ‘ao pé da letra’ ganha medalha (e outros campeões)

25 junho 2011 | 20:21 por Roberto Fonseca

Nobres leitores do blog, cobrindo à distância o 6º Concurso Nacional das Acervas em Florianópolis, soube há pouco da divulgação da lista de campeões. Foram três categorias: Rauchbier,English Barley Wine e Bohemian Pilsner. Parabéns aos vencedores e à organização, bastante elogiada pelos participantes nas redes sociais. Vamos às posições, gentilmente informadas pelos nobres amigos da Jambreiro e da Conscerva:

Rauchbier

1º – Eduardo Nunes Rodrigues (SP), com a Toicinho

2º – Bernardo Lepikson (BA)

3º – Carlo Marcello Siqueira, do Rio de Janeiro (RJ)

4º – Tiago Beetz, de Curitiba (PR)

5º –  Carlos Henrique Rampazzo, de Curitiba (PR), em parceria com Tiago P. Silva, com a “De Bacon a Vida”

English Barley Wine

1º – Fabio Krueger Laux. do RS

2º – Humberto Ribeiro Mendes Neto (MG), da Jambreiro

3º – Paulo César Pereira

4º – Daniel Caruso

5º – Luís Carlos Avoletta

Bohemian Pilsner

1º – Nicholas Bittencourt

2º – Ido Schneider, do RS

3º – Carlos Henrique Rampazzo, de Curitiba (PR), com a Piaçava

4º – Leonardo Botto, do Rio de Janeiro (RJ)

5º – Leonardo Kossatz Lopes, de Paranaguá (PR)

Uma das histórias que mais está repercutindo nos mailings e redes sociais é a do vencedor da categoria Rauchbier, pelo método de produção. Este valoroso blog ainda não conseguiu contato com o Nunes, mas colegas dizem que, além de ter defumado o próprio malte, ele teria adicionado bacon no defumador. Mais explícito que isso para conseguir chegar ao estilo da cerveja, só adicionando o bacon em si no líquido, homenagem às cock ales históricas (que, reza a lenda, levavam frango na composição). Segundo os mesmos colegas, Nunes tem pouco mais de um ano de produções cervejeiras, tendo começado em março de 2010, após se interessar pelo tema vendo uma reportagem na TV. Em breve, posto aqui as histórias dos demais vencedores.

Tags: