Paladar

Importadora lança cerveja própria. E Brooklyn vem aí?

14 novembro 2009 | 12:47 por Roberto Fonseca

Logo da Paulistânia - Reprodução

Já estava com saudades de uma “apuração de bastidores” cervejeira para dar um tempo na política. E, entre ontem à noite e hoje cedo, consegui detalhes de um lançamento que ocorrerá na segunda-feira. A importadora Bier & Wein vai botar no mercado uma cerveja premium chamada Paulistânia, marca própria que, segundo soube, é produzida sob contrato pela Conti Beer.

A princípio achei que a cerveja se chamaria Barbante (o que não deixaria de ser uma homenagem às primeiras cervejas brasileiras, cuja rolha era amarrada com um barbante para não espoucar antes da hora), mas uma fonte privilegiada – poderíamos chamá-lo de ‘Senhor Lúpulo’? – me passou o nome Paulistânia. Resta, agora, confirmar o furo (ou não, eis a graça do jornalismo hehehe) e saber qual é a da nova cerveja, que será apresentada à imprensa segunda-feira à noite no Terraço Itália, em São Paulo. A conferir.

Ainda da Bier & Wein, e respondendo aos leitores do blog, que enviaram perguntas esta semana sobre a chegadade cervejas americanas, a importadora tem um projeto ambicioso para 2010: trazer ao Brasil as produções da Brooklyn Brewery, criadas pelo Garrett Oliver, “guru” da harmonização de pratos com a bebida e autor do livro “The Brewmaster’s Table”. Coisa fina. Espero, porém, que não demore tanto quanto a chegada da Pilsner Urquell prometida pela Import Beer para setembro.

Em tempo: a cerveja chama mesmo Paulistânia, tem 4,8% de teor alcoólico, leva dois tipos de malte e dois de lúpulo. São 12 rótulos diferentes que mostram cenas de São Paulo, informa o amigo Edu Passarelli no Twitter. Quase 100% de acerto: em vez da Fass, mineira, quem faz a Paulistânia é a Casa de Conti, da Conti Beer. Na opinião do humilde blogueiro aqui, trata-se de uma estratégia de mercado da importadora para substituir a Theresópolis, que até outro dia era distribuída pela BUW. Será que emplaca?

Em tempo 2: Para os bares, a Paulistânia está sendo vendida a R$ 27 a caixa com 6 garrafas de 600ml, ou R$ 4,50 a unidade. A Therezópolis de 600 ml, nas mesmas condições, sai a R$ 4 a garrafa ou R$ 24 a caixa.

Ficou com água na boca?