Paladar

Melhores de 2011, parte 11: Luiz Fernando Pacheco

09 janeiro 2012 | 22:39 por Roberto Fonseca

Luiz Fernando Pacheco (Foto: Arquivo pessoal)

Veja os votos de Luiz Fernando Pacheco, sócio do Saaz Bier Bar, em Curitiba (PR):

Melhor lager nacional
Wäls Bohemian Pilsen, imbatível com seu aroma de Saaz.

Melhor ale nacional
Wee Heavy da Bodebrown, uma cerveja rica em sabores, bem equilibrada no corpo e no álcool!!

Melhor lager importada para o Brasil
Harviestoun Schiehallion. Se todas as pilseners fossem iguais a você, que maravilha viver!! (nota do blog: o Ratebeer.com classifica a cerveja como Premium Lager e o Beeradvocate.com, como Euro Pale Lager).

Melhor ale importada para o Brasil
Brooklyn Black Ops. Esta cerveja não existe, mas se existisse seria a minha escolhida para todo fim de noite.

Melhor cerveja caseira
Brasserie Montfort Double Cascadiam: uma parceria Brasil/Canadá com muito lúpulo fresco argentino!!!

Melhor cerveja de 2011 (aqui ou lá fora)
Brooklyn Sorachi Ace, uma saison espetacular com uma relação custo-benefício imbatível, a melhor cerveja que tomei este ano. A cerveja perfeita para se tomar com uma companhia perfeita!

Novidade do ano
A consolidação dos cursos de beer sommelier no Brasil, uma forma de finalmente propagar corretamente a cultura cervejeira a um público crescente e carente de boas fontes de informação.

Melhor fato cervejeiro
O sucesso dos eventos cervejeiros por todo o país!! Festas com 1, 2, 3 mil pessoas atrás de novidades e sabores diferentes!

Pior fato cervejeiro
A perda de dois grandes cervejeiros, Rupprecht Loeffler e Theo Dimitriou, que ousaram sair da cerveja comum quando muitos de nós ainda estávamos na mamadeira!!

Tags:

Ficou com água na boca?