Paladar

Melhores de 2012, parte 60: Afonso Landini

27 janeiro 2013 | 14:30 por Roberto Fonseca

Foto: Arquivo pessoal

Afonso Fraga Landini, sócio da loja cervejeira Arte Brew, de Campinas (SP):

1) MELHOR ALE NACIONAL

Colorado Índica. Esta versão me conquistou pelo aroma e sabor abrasileirado.

2) MELHOR LAGER NACIONAL

Bamberg Bock. Uma bock ao verdadeiro estilo alemão.

3) MELHOR ALE IMPORTADA

Weihenstephaner Vitus. Com sabor e aroma incomparáveis.

4) MELHOR LAGER IMPORTADA

Christoffel Robertus. O intenso sabor de malte equilibrado com aroma de madeira. Muito boa combinação.

5) MELHOR CHOPE

Bodebrown Wee Heavy. Com sabor e aroma intensos, este exemplar é uma autêntica scotch ale.

6) MELHOR BAR CERVEJEIRO

Brejas. Com foco absolutamente no cliente, eles revolucionam a maneira de vender cerveja.

7) MELHOR CERVEJA CASEIRA

Cervejas Sauber. Realmente eles são muito bons amigos e cervejeiros.

8) MELHOR CERVEJA DO ANO, AQUI OU LÁ FORA

Bamberg Rauchbier. Realmente nos traz as lembranças da Alemanha e da região de Bamberg.

9) RÓTULO MAIS BONITO DO ANO

Velhas Virgens (nota do blog: a cervejaria Invicta, de Ribeirão Preto, produziu uma IPA e uma witbier para a banda Velhas Virgens)

10) NOVIDADE DO ANO

Abertura do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) aos interessados em cerveja
para discutir, em 2013, a legislação cervejeira do Brasil.

11) MELHOR FATO CERVEJEIRO

Como um divisor de águas, a junção dos cervejeiros caseiros em MG para criar a Cervejaria Inconfidentes.

12) PIOR FATO CERVEJEIRO

Sem dúvida os impostos absurdos das cervejas artesanais.

Tags: