Paladar

Melhores de 2012, parte 72: Sady Homrich

31 janeiro 2013 | 14:30 por Roberto Fonseca

Foto: Arquivo pessoal

Sady Homrich, baterista do Nenhum de Nós e colunista de cervejas da Folha de S. Paulo, de Porto Alegre (RS):

1) MELHOR ALE NACIONAL

Wäls Petroleum. Mais uma prova que a interação entre microcervejarias e os cervejeiros caseiros pode potencializar a criatividade de forma viável.

2) MELHOR LAGER NACIONAL

Eisenbahn 10 anos. Lager arrojada, muito estruturada, com aromas antes só encontrados em ales complexas. Além disso, comemora um divisor de águas na cultura cervejeira nacional.

3) MELHOR ALE IMPORTADA

Mikkeller BooGoop, como representante da cervejaria itinerante que trouxe ótimas cervejas e um novo conceito em nível mundial.

4) MELHOR LAGER IMPORTADA

Difícil pra mim, como fã das lagers. Vou ficar com a Paulaner Oktoberfestbier 2012. E também gostei muito das oktoberfestbiers nacionais.

5) MELHOR CHOPE

Bamberg Camila Camila. Tive a oportunidade de acompanhar a evolução da fórmula, com leveduras checas que intensificam a potência do Saaz. Degustei-a em Porto Alegre, São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro e Ribeirão Preto, sempre com a mesma qualidade!

6) MELHOR BAR CERVEJEIRO

Biermarkt Vom Fass, em Porto Alegre (RS). Deve estar em todo o roteiro cervejeiro no Sul.

7) MELHOR CERVEJA CASEIRA

AAA, American Amber Ale, do Alessandro Ren.

8) MELHOR CERVEJA DO ANO, AQUI OU LÁ FORA

St. Feuillien Cuvée de Nöel. Na garrafa “magnum” é ainda mais equilibrada, perfeita. Coloração rubi impressionante. Lugar de honra na ceia do Natal em 2012.

9) RÓTULO MAIS BONITO DO ANO

Bamberg Maibaum. Além do conceito estético, também há o cuidado na impressão, com mais de uma textura.

10) NOVIDADE DO ANO

A Revista da Cerveja, única destinada às nossas preciosas companheiras, que chega à 4ª edição este mês.

11) MELHOR FATO CERVEJEIRO

A organização da AGM (Associação Gaúcha de Microcervejarias), conquistando representatividade que tornou séria a discussão tributária no RS, gerando importante redução do ICMS para cervejarias artesanais gaúchas, ato decretado no último dia do ano pelo governador Tarso Genro. Que sirva de exemplo aos demais Estados.

12) PIOR FATO CERVEJEIRO

O tal do imposto pautado por preço (da cerveja) em gôndola. Serpente tributária peçonhenta que morde a cauda. Seu veneno será mais letal a partir de fevereiro.

Tags: