Paladar

Melhores de 2012, parte 73: Maltemoiselles

31 janeiro 2013 | 21:00 por Roberto Fonseca

Da esq. para a dir., Julia Reis, Letícia Massula, Aline Araújo, Tatiana Damberg, Lara Januário, Faby Zanelati e Ingrid Calderoni (Foto: Arquivo pessoal)

As Maltemoiselles são uma confraria feminina de degustação e produção de cervejas de São Paulo (SP):

1) MELHOR ALE NACIONAL
Bodebrown Wee Heavy

2) MELHOR LAGER NACIONAL

Amburana Lager da Way

3) MELHOR ALE IMPORTADA

Ghost Deer, da Brewdog

(nota do blog: salvo engano, esta Brewdog não foi importada para o Brasil)

4) MELHOR LAGER IMPORTADA

Aecht Schlenkerla Rauchbier Märzen

5) MELHOR CHOPE

Mula IPA, da Cervejaria Nacional, e Hazelnut Brown Nectar, da Rogue

6) MELHOR BAR CERVEJEIRO

Cervejaria Nacional

7) MELHOR CERVEJA CASEIRA

Stout do Fred Ming, escolha óbvia e já premiada.

8) MELHOR CERVEJA DO ANO, AQUI OU LÁ FORA

Stone 15th Aniversary IPA, Firestone Wookey Jack e Abstrakt 11

9) RÓTULO MAIS BONITO DO ANO

Stone Ruination IPA e Dogfish Head Bitches Brew

10) NOVIDADE DO ANO

Eis que temos uma nova trapista! Gregorius…

11) MELHOR FATO CERVEJEIRO

Aumento incrível da oferta de produtos no mercado.

12) PIOR FATO CERVEJEIRO

Em nossas buscas por bares cervejeiros em São Paulo, ainda nos deparamos com preços altos demais. Em nossas viagens, trazemos na mala rótulos incríveis por preços super acessíveis. Ainda que sejamos cientes dos custos para importação, o fato é que alguns estabelecimentos poderiam aplicar uma política de preços mais justa, para a cerveja importada ser mais acessível.

Tags:

Ficou com água na boca?