Paladar

Melhores de 2012, parte 99: Anuar Tarabai

09 fevereiro 2013 | 14:30 por Roberto Fonseca

Foto: Arquivo pessoal

Anuar Tarabai, cervejeiro caseiro da F#%*ing Beer e presidente da Acerva Paranaense, de Curitiba (PR):

1) MELHOR ALE NACIONAL

Mesmo com muitos lançamentos em 2012, a Wäls conseguiu mais uma vez inovar e surpreender, unindo-se à DUM (cervejeiros caseiros) para lançar a Petroleum, fazendo uma cerveja complexa e surpreendente, que agradou tanto aos mais críticos quanto aos iniciantes.

2) MELHOR LAGER NACIONAL

Fazendo cerveja sempre de forma competente, o mestre Alessandro (Way) mandou muito bem na Amburana Lager. Ela traz notas presentes de madeira brasileira e personalidade marcante para uma lager.

3) MELHOR ALE IMPORTADA

Apesar de não levar muita confiança quando ganhei esta cerveja, a Baladin Lune ficou um bom tempo guardada até eu ter tempo para prová-la. Seu caráter complexo e extremo faz dela umas das cervejas mais incríveis que eu tomei este ano, dentro do estilo.

4) MELHOR LAGER IMPORTADA

Não esqueço a Pilsner Urquell.

5) MELHOR CHOPE

Provei vários, mas o Way Beer Double APA, sem dúvida, foi o melhor!

6) MELHOR BAR CERVEJEIRO

Em Curitiba, a Cervejaria da Vila, que há 8 anos nos catequiza oferecendo sempre opções novas, diferentes e ousadas, e também o novo Hop’n Roll, que trouxe à cidade um local onde você, além de tomar vários chopes nacionais e importados, pode também fazer sua cerveja. Em São Paulo, sem dúvida a Cervejoteca e o Empório Alto dos Pinheiros: competência e diversão garantidas!

7) MELHOR CERVEJA CASEIRA

No concurso da AcervA-PR, chamou muito atenção a IPA vencedora, uma cerveja caseira no melhor estilo americano. E o nome também foi genial, Ignoru´s Bier Mutum Cavalo. Parabéns, Alberto! mas confesso que a F#%*ing Beer Imperial Stout com Flor de Sabugueiro e Castanhas Brasileiras ficou muito boa, rs rs !

8) MELHOR CERVEJA DO ANO, AQUI OU LÁ FORA

Three Floyds Dark Lord Russian Imperial Stout foi a melhor! Também gostei muito da emblemática Firestone XV (76% Barley Wine, 19% Stout, 5% Imperial IPA), um blend genial.

9) RÓTULO MAIS BONITO DO ANO

No Brasil, gostei muito da Have a Nice Saison, do pessoal do Have a Nice Beer! Fora do Brasil, as Mikkellers fazem a diferença, com a irreverência de sempre !!!!

10) NOVIDADE DO ANO

A abertura para consulta pública (sobre a mudança na instrução normativa que rege a cerveja) no MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

11) MELHOR FATO CERVEJEIRO

Foram vários os fatos que contribuíram para que o setor crescesse muito este ano. Mas vale destacar a oportunidade que a Bio 4, Laboratório de Biotecnologia, trouxe, fornecendo leveduras líquidas de qualidade para as microcervejarias e homebrewers do Brasil. Este fato agregou muito mais oportunidades/condições ao mercado para criar novas cervejas com padrão internacional.

12) PIOR FATO CERVEJEIRO

Desunião entre os cervejeiros do Brasil; tributação em toda a cadeia produtiva; não participação de cervejeiros caseiros em festivais, o que tirou muito do encanto das festas.

Tags: