Paladar

Pela cerveja, casa lotada!

08 junho 2009 | 19:50 por Roberto Fonseca

Caros leitores(as) do blog, tudo bem? Como vocês devem ter lido desde a semana passada, ontem (7/6), dentro do evento Paladar do Brasil, este humilde blogueiro comandou duas degustações com o tema cerveja. Uma foi sobre versões nacionais da nobre bebida que levam ingredientes brasileiros (e não falo de xarope de milho, arroz e quetais hehehe) e a outra teve como tema produções tupiniquins de DNA belga. Até aí, tudo bem.

O ponto principal da notícia, porém, é que ambas as palestras LOTARAM. Tudo bem que eram 30 vagas em cada uma, suficiente, talvez, para encher meio estádio da Rua Javari (brincadeira, hein, torcedores do Juventus…). Mas o interesse dos participantes, em especial da “ala jovem” de degustadores, me surpreendeu. E, principalmente, deu mostras de que, para as próximas edições do evento, podemos pensar em mais degustações com quóruns maiores, ampliar a diversidade de temas e, ainda, trazer mais pessoas ligadas ao mundo cervejeiro para compartilharem suas experiências.

Daqui a pouco, vou escrever um pouco mais, e especificamente, sobre cada palestra. Por ora, para dar um “gostinho”, segue a lista de cervejas degustadas em cada painel. Você já tomou alguma delas? O que achou?

Ficou com água na boca?

Cervejas brasileiras com ingredientes nacionais: 1) Colorado Cauim (mandioca), 2) Pinhão Ale, 3) Dado Bier Ilex (erva-mate), 4) Rugbeer O’Driscoll Ginger Ale (gengibre), 5) Colorado Índica (rapadura), 6) Colorado Double Índica (protótipo, além da rapadura leva carga extra de amargor) e 7) Colorado Demoiselle (café).

Cervejas brasileiras de DNA belga: 1) Whitehead Witbier, 2) Backer Medieval (Blond Ale lançada dois dias antes do evento), 3) Dado Bier Belgian Ale, 4) Wäls Tripel, 5) Falke Monasterium (tripel), 6) Wäls Dubbel e 7) Eisenbahn Dama do Lago (esta última teve a honra de receber um “brinde de despedida”, pois seu estoque está praticamente zerado no mercado).