Paladar

Café de primeira em restaurante número um

26 março 2013 | 18:27 por Patrícia Ferraz

O primeiro restaurante do mundo tem um barista a altura do posto. É de responsabilidade do norueguês Tim Wendleboe, campeão mundial da Copa Mundial de Baristas de 2004, os cafés servidos no Noma, eleito o melhor restaurante pela revista Restaurant.


Dono de uma das principais microtorrefadoras da Europa e com conexões com produtores da América Central à África, o barista, junto com a equipe do Noma, escolheu um café do Quênia para oferecer no restaurante.



FOTO: Reprodução


Servidos em jarras e copos desenhados pela vidraceira Nina Nørgaard, os cafés do Noma são extraídos no sistema V-60 da Hario (que permite uma filtragem mais homogênea da bebida) para seus pós levemente torrados.


Produzidos no Monte Elgon e saídos de uma cooperativa chamada Kapsokisio no oeste do Quênia, os grãos de Bourbon são da variedade sl28 e sl34, conhecidos pelas fortes notas de frutas.


Leia mais no blog do Noma.

Tags: