Paladar

Um café para dividir

Histórias e experiências sobre o café

Filmes e séries para quem é apaixonado por café

O café está presente como pano de fundo e até como estrela em diversos filmes e séries

26 de fevereiro de 2019 | 15h57 por Ensei Neto

A cerimônia de entrega do Oscar sempre traz expectativas sobre os vencedores do ano e sobre qual o viés político e social que a indústria do cinema está procurando colocar para o público.

Aproveitando a deixa, gostaria de apresentar e sugerir alguns filmes e séries colocam o café em posição de destaque.

Coffee & Cigarettes

Em 2013, escrevi sobre este que considero um dos mais emblemáticos filmes que tem uma cafeteria como pano de fundo: Coffee & Cigarettes, deliciosa comédia de Jim Jarmusch, de 2003, que é uma sequência de esquetes com grandes artistas. Bill Murray faz o papel de atendente de uma cafeteria, onde desfilam personagens por ora melancólicos, em outras muito relaxados, mas sempre acompanhados de uma xícara de café e muitos cigarros. Filmado em preto e branco, estão estrelas como Cate Blanchet, Alfred Molina e Iggy Pop. Minha cena predileta é com a dupla Tom Waits e Iggy Pop. Impagável!

 

The Bucket List

Era o ano de 2007 quando um filme com dois super astros ajudou a difundir uma nova classe de café, os chamados “cafezes”, que são sementes de frutas ingeridas por animais e que foram defecadas para, então, serem colhidas, asseadas e torradas. The Bucket List, com Jack Nicholson e Morgan Freeman, que interpretavam respectivamente um multimilionário e um mecânico instalados numa casa de retiro, deu visibilidade ao Kopi Luwak – famoso mais pelo seu preço estratosférico do que por um sabor verdadeiramente exótico.

 

Comedians in Cars Getting Coffee

Jerry Seinfeld, um dos mais famosos comediantes, lançou em 2012 um seriado unindo algumas das grandes paixões dos norte americanos: carrões e café. Com o título de Comedians in Cars Getting Coffee, Jerry apresentava um carro emblemático a um artista e seguia para uma cafeteria. Foram várias temporadas e participaram estrelas do quilate de Jim Carrey, Sarah Jessica Parker, David Leterman, Steve Martin e, pasmem, até o presidente Barack Obama!

O episódio com o ex presidente é um dos mais interessantes, pois percebe-se a veia artística de Obama e possibilidade de visitar o refeitório na Casa Branca! Ao assistir vários desses episódios, fica claro como o consumo de café para o norte-americano médio tem presença de açúcar, adoçantes e o creme fictício de leite… Está na Netflix!

 

Caffè Sospeso

Minha última sugestão é o belo e poético Caffè Sospeso, de Fúlvio Iannucci, de 2012, que pode ser visto na Netflix, bem como a série anterior. Este filme tem como pano de fundo o chamado “café pendente”, quando uma pessoa deixa pago um café para o próximo e que assim deve continuar sendo, aproveitando para falar do serviço de barista. Além de alguns personagens anônimos, belas tomadas de cena nos faz acreditar que a legião de fãs do café só tende a crescer…

 

Assista a esses filmes com um excelente café. Será imperdível!

FOTO: Ensei Neto/Arquivo Pessoal

Tags:

Ficou com água na boca?