Paladar

Um café para dividir

Histórias e experiências sobre o café

Café para notívagos: miniguia de cafeterias abertas até as primeiras horas da madrugada

Confira quatro endereços paulistanos que têm horário de funcionamento estendido

25 de fevereiro de 2020 | 17h31 por Ensei Neto

Para quem ama cafés, muitas vezes, bater perna atrás de uma cafeteria que funcione até altas horas faz parte do jogo. Até mesmo numa metrópole como São Paulo, por diversas razões, o horário clássico de funcionamento das cafeterias de rua começa às 8h da manhã e encerra entre 18 e 19h.

Numa tentativa de facilitar essa busca, organizei esse microguia de cafeterias para notívagos (ou quase).

Café e cappuccino. FOTO: Ensei Neto/Arquivo Pessoal

 

Café Floresta

Localizada no térreo do icônico edifício Copan, essa cafeteria é um clássico na região. Num grande balcão semicircular, serve café tradicionais com grãos oriundos da torrefação santista que lhe dá o nome, Floresta. Com um horário de funcionamento amplo, das 6h à 0h30, atende madrugadores e notívagos – muitos saindo dos excelentes restaurantes da redondeza para uma xícara de café “saideira”.
Av. Ipiranga, 200, loja 21, República.

 

Galeria dos Pães

Não se trata de uma cafeteria, mas vale o registro. A Galeria, como é conhecida, é uma das primeiras casas do movimento que renovou as “padocas” paulistanas – dos tradicionais balcões de azulejos, chapeiro à vista e uma cafeteira Monarca, passaram para uma composição de restaurante, lanchonete, empório e, naturalmente, loja de pães num ambiente mais sofisticado. Com o seu serviço 24 horas, sempre muito frequentada, se tornou alento das pessoas que estão emendando a madrugada e o amanhecer com seus lanches e pratos rápidos sempre a postos. E tudo, claro, pode ser acompanhado por um café expresso ou cappuccino.
Rua Estados Unidos, 1.645, Jardins.

 

Santo Grão – Oscar Freire

Na casa matriz da rede Santo Grão, nos Jardins, cuja arquitetura remete aos bangalôs neozelandeses, de onde o fundador é nascido, existem vários ambientes, todos aconchegantes e com um serviço sempre atencioso. Seus baristas são bem treinados e fazem serviço cortês, tornando a experiência sempre agradável. Os blends da casa são bastante bons, corretos e sem surpresas. Também tem boa carta de coquetéis e vinhos, o que fez com que seus horários se estendam em relação às demais cafeterias da região. Durante a semana, inicia os trabalhos às 7h30, atendendo a pessoas em busca de um café da manhã antes do trabalho, e fecha à 1h. No final de semana segue até às 2h.
Rua Oscar Freire, 413, Jardins.

 

Urbe Café Bar

Nasceu de uma ruptura com uma rede de cafeterias e que, nessa mudança, ganhou também a faceta de bar. Localizado numa das áreas mais agitadas na noite de São Paulo, próximo à Avenida Paulista e junto à Rua Augusta, o Urbe é conhecido pelo bom serviço de café e pelos excelentes acompanhamentos. Os blends, servidos em diferentes métodos à escolha do cliente, são selecionados pelo proprietário, Fabio Pereira, que também é produtor de café. Atenção para os drinques elaborados com café, como o negroni e o gim tônica. De segunda a quinta-feira, o Urbe encerra expediente à meia noite, e às 2h nos finais de semana.
Rua Antônio Carlos, 404, Consolação.

Tags:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?