Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

120 horas depois…

22 novembro 2011 | 06:42 por Luiz Américo Camargo

O título do post, claro, faz referência ao início da nossa aventura. Eu mesmo, como vocês sabem, estou um pouco defasado (mas de volta ao jogo felizmente; acho que agora meu fermento pegou).

Mas hoje, particularmente para quem conseguiu cumprir todas as etapas, desde a última quinta, 120 horas depois, temos uma espécie de mudança de fase no jogo.

Sabem a mistura que vocês vêm cultivando, que cresceu, inflou etc? Hoje usaremos só metade dela. Então vamos lá. Peguem o que está no pote, calculem 50% do conteúdo e descartem. Isso mesmo. (Se ficarem com pena de jogar fora, façam o procedimento em dobro, doem para um amigo…)

À metade da mistura, juntem sete colheres (nem tão cheias) de farinha de trigo integral e três de água (mineral ou filtrada). Podem trabalhar bem a massa, que ficará bem mais consistente e seca, até que a aparência fique bem homogênea. Modelem uma bola. Cubram então com um plástico e voltem o recipiente ao armário. Vamos esperar 24 horas. Se alguém estiver num lugar mais frio, pode ser que o prazo seja de 48 horas. O importante é que nosso fermento cresça bastante.

Fácil, até aqui, não?

Ficou com água na boca?