Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

72 horas depois…

20 novembro 2011 | 09:21 por Luiz Américo Camargo

É mesmo muito chato quando isso acontece, uma decepção. Mas é parte indissociável da aventura.

Minha tentativa de levain, começada junto com vocês, há 72 horas, não deu certo. Estou avaliando o que pode ter acontecido. Lugar frio? Um abacaxi doce demais? Estou mudando o ‘abrigo’, o abacaxi, vou rever os passos.

E que ninguém considere isso um fator de desânimo, pelo contrário. É para provar que acontece de fato. Vou em frente, sigo aqui dando as dicas.

Para quem está com o projeto de fermento firme e forte, amanhã é dia de alimentar, pela segunda vez, quando se completarem as 96 horas. Estando ele ativo, aerado, crescido, acrescentem então  5 colheres de sopa (não muito cheias) de farinha integral, e três de água (filtrada ou mineral, à temperatura ambiente). Mas só amanhã!

Ansiedade e panificação não combinam. Vamos no ritmo dos processos naturais.

Ficou com água na boca?