Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

Associações

27 agosto 2009 | 14:51 por Luiz Américo Camargo

Uma coisa puxa a outra e as livres associações vão se seguindo. Num jantar com um casal de amigos franceses, tomávamos uma garrafa de riesling alsaciano (o Clos Rebberg), que acabou quase no fim da refeição. Como eles já estavam de copo vazio – eu e minha mulher bebemos mais devagar -, pediram uma opção em taça para terminar a noite. Na carta, entre os brancos, estava lá a opção do Cloudy Bay, sauvignon blanc neozelandês. Como franceses, em geral, conhecem mais os vinhos franceses, eles quiseram saber: c’est bon? Expliquei que sim, mas que, cuidado, não se tratava de Sancerre, era outro estilo etc. Assim foi, eles gostaram, deu tudo certo. Mas desde então não consegui esquecer da música do Jacques Dutronc, ‘J’ai tout lu, tout vu, tout bu’. Mais especificamente aquele trecho do “…De l’ajax et puis du Sancerre…”
Vou ver se me livro da canção mandando-a para a cabeça dos leitores. Está aqui:

Ficou com água na boca?