Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

Doutorado

14 fevereiro 2010 | 16:51 por Luiz Américo Camargo

Eu vou muito a restaurantes. Obviamente, isso é importante para que eu me aprimore no que faço. Mas não sabia que o ato de visitar tantas casas diferentes ao longo do ano contribuía para minha educação formal.

Nesta semana, por duas vezes, fui chamado de ‘doutor’ por garçons. E de ‘mestre’ uma vez.
Isso mesmo. Estou ganhando títulos. Nada dessa história careta de senhor, nem das informalidades de expressões tipo ‘grande’ (grande o quê?) e campeão (campeão de quê?). É coisa muito mais fina.

Ainda que o tratamento não tenha a graça insuperável do ‘vai picanha aí, ô, meu?’ que ouvi numa churrascaria da Marginal Tietê anos atrás, confesso que tenho me divertido com minha ascensão acadêmica.

Do jeito que vai, logo, logo chego no pós-doc.

Ficou com água na boca?