Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

É hoje

04 junho 2009 | 09:58 por Luiz Américo Camargo

Um diálogo de junho de 2006, entre este blogueiro, naquela época editor do Paladar, e o editor-executivo Ilan Kow. Planejávamos a edição do primeiro aniversário do caderno, a ser comemorado em setembro.
– Podíamos pensar numa declaração de independência da cozinha brasileira. Vamos convidar o Alex Atala, o Edinho Engel e a Mara Salles para conversar sobre o que é cozinha brasileira.
– Melhor ainda. Vamos chamar os três para conversar sobre cozinha brasileira. E para cozinhar.

Os três chefs toparam, generosamente. Passaram uma lista enorme de ingredientes, que foram comprados em vários cantos da cidade (e até fora de São Paulo). E, em três intensos dias de julho, Atala, Edinho e Mara ficaram trocando ideias, conversando, cozinhando, criando receitas. Essa foi a gênese deste imenso laboratório de sabores que começa hoje no Grand Hyatt – agora um evento de grandes dimensões, com aulas, degustações, palestras.

Aqueles três dias renderam uma edição publicada em 21/09/2006, com trinta receitas, dezenas de propostas e até a tal da declaração de independência. A capa você vê aqui:

Documento

Vários objetivos traçados naquele encontro foram atingidos já versão do ano passado, também no Hyatt. Aproximamos quituteiros e cozinheiros de todo o país. Conseguimos promover uma série de ingredientes. Neste ano, trouxemos grandes chefs internacionais para trocar experiências. E, no entanto, mesmo com uma estrutura muito mais sofisticada, o Paladar – Cozinha do Brasil parece preservar aquele mesmo frescor. O mesmo clima de jam session. (veja a programação completa em www.paladardobrasil.com.br)

Ficou com água na boca?