Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

Exótica, não. A cozinha é nossa

04 agosto 2011 | 08:58 por Luiz Américo Camargo

O Paladar de hoje chegou às bancas e casas mais parrudo, substancioso, com 26 páginas. Ele traz a cobertura do nosso evento Paladar – Cozinha do Brasil. Foi um encontro intenso, produtivo, dinâmico, que ainda vai ecoar por um bom tempo – como um ótimo prato de sabor persistente.

Espero que possam conferir o especial. Conto sempre a mesma história, mas é verdade: por maior que seja o caderno, ele não dá conta do que aconteceu lá. Mostra só um cheiro. E acrescento que, no portão do Estadão, há uma interessante versão online, com receitas, videos, mais fotos e outras coisas mais.

Nesta quarta edição, o evento mostrou-se particularmente vibrante. Houve sintonia entre os chefs, boas ideias, ótimas pesquisas, aulas formalmente brilhantes. E atividades com salas cheias. Pois é o público que carrega adiante todo esse fermento (ou seria caldo) que temos produzido em tantos workshops, palestras e degustações. Espero que gostem do resultado e, principalmente: torço para que mais e mais pessoas visitem o PCdB no ano que vem.

A cozinha brasileira? Ainda está por ser descoberta. Mas o gigantismo do país já não assusta nem repele, apenas instiga. O que vem da Amazônica, ou do Sul, ou do Cerrado, ou do Sertão, ou das grandes cidades, tudo isso faz parte das complexidades e complicações de ser brasileiro. Que bom.

O que me faz retomar uma ideia que repito ano a ano: o nosso problema é que as coisas ainda estão começando; a nossa vantagem é que as coisas ainda estão começando.

Mas ainda vai longe, tem muita estrada.

Vejam lá, comentem aqui. Quem foi, quem não foi, são todos bem-vindos (brasileiros e estrangeiros).