Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

Mandioca? Como assim?

16 julho 2009 | 19:24 por Luiz Américo Camargo

Um bobó no almoço? Até que dava para sair, mas não tinha mandioca. Desci então para comprar, perto de casa, mesmo. Fui ao Saint Marché, procurei, procurei. “Por favor, onde está a mandioca? Não estou achando”. “A gente não trabalha com mandioca”. “Nem aquelas da Vapza?”, apelei. “Não, não temos mesmo”. Segundo o funcionário, não tem saída.

Tentei então na Casa London, e quase as mesmas respostas. A diferença é que eles tinha mandioca congelada, cortada em palitos, para fritar. E a mesma justificativa, “ninguém procura muito por aqui”.

Pedi algo tão exótico? Ou só dei azar por ter perdido a feira, não ter ido ao Ceasa nem topado com o mandioqueiro que passa com seu carrinho pela rua?

Eu até acharia em outros lugares, mas não queria pegar o carro. Mas tinha mandioquinha na geladeira, e o bobó saiu.

Agora, se eu pedisse funghi secchi, aceto balsâmico e endívia, isso tinha (e tinha mesmo).

Coisa esquisita.