Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

O ponto. Ou seria le point?

26 março 2009 | 14:24 por Luiz Américo Camargo

Esta história já aconteceu há um tempo, mas esqueci de relatar. Fui a um bistrô relativamente novo, fraquinho, fraquinho, cujo nome não vou declinar para que vocês não caiam na tentação de visitá-lo (vão se dar mal). Na hora de escolher o prato principal, um carré de cordeiro, pedi cuidado com o ponto da carne. O garçom assim falou: “Meu senhor, aqui nós só trabalhamos com o ponto francês.” Verdade? “Verdade, pode confiar”. Claro que o cordeiro veio muito passado, já rijo, coroando um jantar que foi uma barca furada. Mas não esqueci essa. O ponto francês.

Ficou com água na boca?