Paladar

Luiz Américo Camargo

Eu só queria jantar

Só um petisco rápido

10 junho 2011 | 07:08 por Luiz Américo Camargo

É papo furado, eu sei. Mas conto aqui uma história ligeira, que me aconteceu por esses dias. Eu andava por uma praça da zona oeste, quando encontrei um amigo. Ele e a filha estavam chegando com suas bicicletas. E ele me apresentou assim à menina: “O Luiz escreve. Sabe sobre o quê? Sobre aquilo que a gente mais gosta de fazer”.

A menina, de seus oito ou nove anos, me olhou, pensativa. Esperou uns poucos segundos, e me perguntou: “Você escreve sobre ir na piscina?”.

O pai riu da inesperada dessintonia e explicou o que eu fazia, o que não empolgou muito a garota. E seguimos adiante, eu a pé, eles sobre rodas. Mas olha, Nina, falando agora entre nós: assim que o tempo der uma esquentada, quem sabe eu me arrisque, para variar dos restaurantes, por umas resenhas de mergulhos, barrigadas, caldos e outras coisas mais…