Paladar

Luiz Horta

A festa imóvel

12 janeiro 2009 | 01:45 por Luiz Horta

Emanuel Kant, o filósofo, nunca saiu de sua cidade, Koennisberg. Mesmo assim, nasceu prussiano, morreu alemão e foi polônes, russo e, atualmente, acho que é ucraniano (vou checar). Pois a cidade mudou de mãos e nomes ao longo dos anos e das guerras.
O mesmo está acontecendo em St-Emillion, em Bordeaux. Há uma queda de braço sobre a classificação dos Châteaux. Tem 8 que já foram Premier Cru Classes e Grand Crus Classes e voltam a ser Grand Crus a cada rodada. É uma briga entre a hierarquização de 1996 e a de 2006. A notícia da volta à lista de 96 saiu hoje na revista Decanter.

Ficou com água na boca?