Paladar

Luiz Horta

Dúvida cartesiana

10 novembro 2009 | 04:56 por Luiz Horta

Recebi o mesmo catálogo que conta o Américo no blog dele.

Mas devaneante como sou, fiquei fascinado pela qualidade do papel, pela sempre elegante edição francesa (lembrei dos Plon, Minuit, J. Vrin, Gallimard e NRF, todos aqueles livrinhos preciosos de capas austeras e lindas). Apreciei a caligrafia do Lapaque no envelope e a cor de sua tinteiro no cartão que acompanhava o pacote. Desejei os vinhos, suspirei pela França e só. Vi as folhas e não percebi o bosque atrás.

O Américo, com rigor e lógica muito mais franceses, achou na lista um pequeno susto que conta no seu blog. Como vinhos brasileiros podem custar bem mais barato num catalógo francês que aqui? É a pergunta que não quer parar de tilintar.