Paladar

Luiz Horta

E mais

05 dezembro 2008 | 15:07 por Luiz Horta

O Marco Aurélio escreve que pretende comer o atum do Fasano com Gewürztraminer, uva muita aromática, e se está errado. Não, não está. Por duas razões: esta é uma uva que dá vinhos perfeitos para comida temperada, ela é cheia de especiarias no nariz, tem boa acidez, principalmente na Alsácia, onde permite vinhos encorpados e com leve teor alcóolico alto (para a região).

Os vinhos de Gewürtz (como é apelidada para evitar escrever a palavrona) são aposta certa para acompanhar menus thai, chineses, até japoneses. Então com o atum, que é bem forte no molho de limão siciliano, vai muito bem.

Agora, a segunda razão pela qual ele está certo é…não tem certo e errado neste assunto! Como diz meu amigo Américo, harmonização é uma coisa em que os erros são evidentes, você sente na boca que deu errado, mas os acertos são um pouco indeterminados.