Paladar

Luiz Horta

Ensaio na cegueira

08 maio 2009 | 00:50 por Luiz Horta

Fui ontem a um painel de degustação de Bordeaux.
A ideia foi excelente, uma prova às cegas, organizada pelo Conselho dos Vinhos de Bordeaux, para mostrar que a região também produz vinhos de bom preço, sem perda de qualidade.

Provamos 6 brancos, 5 rosés e 14 tintos. Todos abaixo de R$100. Eu estava um pouco cético sobre a possibilidade de encontrar algo realmente bebível. Não que cem reais seja uma soma desprezível. Mas um bom Bordeaux (ou um bom Borgonha, ça va sans dire) custa muito caro, esta é uma faixa de preço para excelentes vinhos de outras regiões e países, não para as duas famosas Bs.

Pois me surpreendi. Gostei muito de 1 branco, não me entusiasmei por nenhum rosé, mas pelo menos 4 dos tintos eram bons ou muito bons na minha lista.

Claro que provamos umas aguinhas medíocres, coisas que talvez tenham sido vinho um dia e, também, vinhos falecidos ou moribundos. Mas os que eram bons, eram realmente atraentes.

Não sou degustador profissional (Manoel Beato, sommelier do Fasano, acertou o biodinâmico entre os 14 tintos…), sou jornalista, mesmo assim percebi uma carnuda Merlot presente num dos que gostei e uma falante Cabernet Franc, goiabosa e verdosa, em outro.

O resultado? Não sei, só tenho os números que identificavam cada taça e minhas anotações, com minha ordem de predileção. O nome dos vinhos será divulgado só semana que vem.