Paladar

O vinho que viajou ao espaço

13 março 2014 | 00:17 por Marcel Miwa

Segundo post e uma segunda paixão: Jerez, o vinho fortificado produzido na região da Andaluzia.

Um artigo publicado recentemente no site International Science Times relatou que o Jerez fez parte das missões da NASA no início da década de 70 como forma de dar alguma graça à monótona dieta de alimentos desidratados a que os astronautas eram submetidos.

Charles Bourland foi responsável por mais de 30 anos pelo catering das missões espaciais da NASA. Para selecionar o vinho das viagens até a estação espacial Skylab (a primeira estação espacial norte-americana), o cientista contou com a consultoria da Universidade da Califórnia (Davis), que decidiu que o Jerez seria o vinho ideal. Por sofrer uma ligeira oxidação e oscilações de temperatura durante seu amadurecimento, o vinho se estabiliza naturalmente e mantém a integridade por mais tempo, suportando também o processo de troca de recipiente (não podiam levar em garrafas), concluíram os pesquisadores. No entanto, o novo integrante da dieta dos astronautas, além de sofrer alterações no aroma em condições sem gravidade, não teve boa receptividade ao ser publicado na mídia. Na missão Skylab 4, que decolou em 16 de novembro de 1973, o vinho já não constava no menu.

Resumindo, deixemos para beber os jereces em terra firme.

Tags:

Ficou com água na boca?