Paladar

Miquel Barceló pinta rótulo do Mouton 2012

14 novembro 2014 | 15:03 por Marcel Miwa

Por Guilherme Velloso

Um dos artistas mais importantes da arte contemporânea, o catalão Miquel Barceló, pintou o rótulo do château Mouton Rothschild 2012. A notícia foi divulgada nesta semana. Barceló foi o último artista escolhido para a tarefa pela Baronesa Philippine, falecida em agosto deste ano. Ela era filha e , desde 1988, a sucessora do Barão Philippe de Rothschild, que além de fazer grande vinhos em Bordeaux era um gênio de marketing e teve a ideia de encomendar rótulos a grandes artistas. Com isso, o lançamento de cada safra do Premier Grand Cru Classé passou a ser muito esperado.

Barceló se junta a uma ilustre linhagem, na qual se incluem nomes como os de Picasso (autor da pintura que ilustra o rótulo da histórica safra de 1973), Dali, Miró, Chagall e, em safras mais recentes, Lucien Freud, Anish Kapoor e Jeff Koons.

O trabalho de Barceló, como o dos artistas que o antecederam, não será pago em dinheiro, mas em caixas do vinho de duas safras diferentes, sendo uma delas a que o próprio artista ilustrou.

Embora 2012 não tenha sido considerado um grande ano em Bordeaux, o Mouton de Barceló (corte de 90% Cabernet Sauvignon, 8% Merlot e 2% Cabernet Franc) mereceu elogios do crítico Robert Parker e seu preço de lançamento é de quase R$ 1.000 a garrafa.

Barceló, torcedor do Barça e fã de Neymar, esteve no Brasil este ano para uma exposição de suas obras.


Tags:

Ficou com água na boca?