Paladar

Azeite brasileiro: consulta pública

10 setembro 2010 | 08:31 por Fernanda Yoneya

Já que temos azeite, agora, o Ministério da Agricultura já se movimentou. Colocou em consulta pública o regulamento técnico dos azeites de oliva e dos óleos de bagaço de oliva. O prazo para enviar sugestões vai até 28 de outubro – a consulta abriu em 30 de agosto – e o objetivo é definir o padrão oficial de classificação, com requisitos de identidade, qualidade, amostragem, apresentação e rotulagem desses produtos.

“Os aspectos de identidade são definidos de acordo com a matéria-prima utilizada nos processos de obtenção dos produtos. Já a qualidade está ligada a questões como porcentual de acidez e índice de peróxidos, que determinam a oxidação e deterioração do produto”, diz o coordenador-geral de Qualidade Vegetal do Ministério da Agricultura, Fábio Florêncio Fernandes. Para ser considerado azeite de oliva, o produto deve ser oriundo somente da azeitona. Já para óleos de bagaço de oliva, são necessários tratamentos físicos e químicos.

O representante do ministério explica que a demanda pela fiscalização de azeites se intensificou – sobretudo por entidades de defesa do consumidor. “Mas o Ministério da Agricultura só pode fiscalizar se houver padronização da produção.”

As sugestões podem ser enviadas para dipov@agricultura.gov.br e a classificação oficial dos azeites, importados e nacionais, deve sair até janeiro de 2011.

Siga o Agrícola no Twitter.

Tags:

Ficou com água na boca?