Paladar

Vem aí a laranja sem sementes

Vem aí a laranja sem sementes

12 novembro 2010 | 08:30 por Fernanda Yoneya

Comparação: nova laranja sem sementes (na foto, na parte de cima) e a laranja pera normal, que tem de 4 a 6 sementes. Crédito: Marcelo Basso/Divulgação

Observando o fruto com casca, não se nota a diferença. O sabor também é o mesmo de uma laranja pera comum. Mas ao consumir a nova variedade de laranja que deve chegar ao mercado nos próximos anos, o consumidor percebe a diferença: o fruto não tem sementes.

Graças a uma pesquisa feita no Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena/USP) e no Centro de Citros do Instituto Agronômico (IAC), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura paulista, o Brasil poderá ter, em breve, produção comercial de laranja sem sementes. Para se ter ideia do tempo que a pesquisa demandou, entre trabalhos nos laboratórios e no campo foram pelo menos dez anos.

A variedade, explica o pesquisador Rodrigo Rocha Latado, do IAC, é considerada a primeira laranja sem sementes lançada no País obtida pela metodologia chamada de “indução de mutações”. A novidade, além de ter alto valor agregado para o agricultor, pode resgatar o consumo de laranja de mesa no País. “A laranja pera, que é a de maior interesse comercial no Brasil, tem normalmente de 4 a 6 sementes e, apesar do consumidor brasileiro estar habituado a esta característica, um fruto sem sementes é diferenciado. Na Itália, na Espanha, o consumidor está mais acostumado a um citros sem sementes”, diz Latado.

Para o pesquisador, a nova variedade será ótima para a citricultura do Brasil, que, embora tenha 165 milhões de árvores produzindo, praticamente não exporta os frutos frescos. “E uma das razões para isso é o fato de o mercado internacional só consumir laranja sem sementes”, diz o pesquisador do IAC.

Siga o Agrícola no Twitter.

Tags: