Paladar

Cebola e alho – purês

08 novembro 2007 | 10:44 por Jamil Chade

Alho e cebola são ótimos companheiros, costumam andar juntos e podem também dar bons purês.

Este purê de alho eu faço há muito tempo, normalmente para acompanhar um bom pernil de cordeiro (gigot d´agneau). Mas ele vai bem com muitas carnes, com costeletas de cordeiro, com rosbifes, lombos de porco e até se sente à vontade para variar um pouco um churrasco ao ar livre.

Já a idéia do “purê” de cebola veio de uma receita de frango assado na excelente revista Wine Spectator, sempre uma boa referência para quem gosta da boa mesa. Ela estava numa receita de frango assado. A matéria sugeria que fossem assadas umas três cebolas junto com o frango para serem transformadas numa pasta.

Purê de cebola

Preparação mais do que fácil. Basta assar as cebolas cortadas em quatro partes (com ou sem o frango), que devem ficar bem moles, mas não queimadas. Deixar esfriar e passar pelo processador de alimentos (ou liquidificador) acrescentando azeite de oliva extra-virgem até chegar à consistência desejada. Sal e pimenta e está pronto. A revista aconselha ainda a adição de um pouquinho de aceto balsâmico, o que me parece uma ótima idéia. O aceto balsâmico é um vinagre italiano muito especial e aromático.

Purê de alho

Este purê de alho é bem mais suave do que pode sugerir a receita.

Ingredientes:

– 3 cabeças de alho grandes;
– 1 ¼ xícara de chá de creme de leite fresco;
– 2 generosas colheres de sopa de manteiga à temperatura ambiente;
– sal e pimenta-do-reino (branca, de preferência).

Modo de fazer:

Prepare os alhos. Desfaça as cabeças e retire as cascas. Para isso, amasse com a lateral de uma faca para romper as películas. Retire também o germe de cada dente de alho. Esse germe é uma tirinha que fica no centro de cada dente e que deixa o alho mais difícil de digerir.

Coloque os dentes de alho numa panela pequena, cubra com o creme de leite, tampe parcialmente a panela e cozinhe durante uns 15 minutos, a contar do momento em que o líquido começar a ferver. Os dentes de alho devem ficar bem macios.

Retire do fogo, deixe esfriar um pouco e passe pelo processador de alimentos (ou liquidificador). Retorne à panela para esquentar. Se estiver espesso demais, dilua com um pouco de água.

Com a panela no fogo baixo, incorpore a manteiga batendo com um chicote (batedor de tiras) ou um garfo. Sempre batendo, coloque um pouco de manteiga e espere ela ser incorporada. E só depois junte outra pequena porção. Vá repetindo até incorporar toda a manteiga.

Salgue, apimente e mantenha quente.

É isso aí. Vamos em frente que o negócio é passar bem.

Ficou com água na boca?