Paladar

Mocotó

Mocotó

24 julho 2007 | 18:43 por Jamil Chade

Graças ao amigo Miguel Icassatti, fui conhecer um restaurante nordestino muito bom mesmo, o Mocotó, que justifica uma visita à Vila Medeiros.

O restaurante fica na Rua Nossa Senhora do Loreto, 1.100, 6951-3056 e é relativamente fácil chegar até lá. É só pegar a Marginal, fazer o balão na ponte Vila Guilherme, seguir pela Avenida Joaquina Ramalho e ir obedecendo as placas para Vila Medeiros e Vila Ede. Detalhes sobre a localização no www.mocoto.com.br.

Um restaurante simples, mas incrivelmente simpático e com alguns pratos com muito sabor. O cozinheiro Rodrigo está mostrando muita competência e o garçom Beto sabe muito bem descrever os pratos.

Ficou com água na boca?

moc1

São três salões, um deles quase ao ar livre, deixando ver a parte mais baixa do bairro. Tudo muito simples, sem muito charme, mas confortável, gostoso.

moc2

De todos os pratos provados, apenas a “passarinha” não me agradou (R$ 1,50, a unidade). Trata-se do baço do boi, um miúdo esponjoso, forte, que alguns acharam que lembrava o fígado. Não identifiquei essa semelhança, mas achei forte, rústico.

Em compensação, ótimas entradas, como as “mocofavas” (servidas em xícaras como as de chá com favas, lingüiça e, naturalmente, mocotó, R$ 3 se servida como entrada e R$ 9,50 como prato principal).

mfava
Mocofavas

Também ótima a lingüiça de pernil com cebola roxa refogada (R$ 14,90, a porção). Uma invenção os chips (ou as chips) de mandioca. Fatias finíssimas, sequinhas, quebradiças, deliciosas (R$ 2). Bons torresmos, lembrando cozinha de Minas (R$ 4,90, a porção).

lin
Lingüiça de pernil com cebola roxa

Queijo de coalho (R$ 11,90, a porção) muito bom mesmo, de Goiás e não do Nordeste, com melaço extraordinário, este sim nordestino. Imperdível a paçoca de carne seca com manteiga de garrafa (R$ 4,50). Um prato tradicional que não se restringia ao Nordeste, também era feito em São Paulo. Na casa de meu avô havia um pilão para fazer paçoca. No mesmo nível o atolado de bode, na verdade, um cabrito ensopado com mandioca (R$ 14,90).

Cheia de sabor a carne de sol confitada com pimenta biquinho. Vem com alho assado, que é um creme, ótimo quando passada sobre as fatias de carne (R$ 14,90). Baião de dois delicioso, com queijo, lingüiça e bacon (R$ 9,50).

Para completar e acabar com essa conversa de que a cozinha nordestina é rústica, um purê de jerimum (abóbora) delicado, com um toque de pimenta dedo-de-moça (R$ 4,50).

Para completar, uma grande surpresa, um sorvete de creme (bom, mas não excepcional) com pedaços de rapadura (R$ 4,90). Uma belíssima (e doce) combinação.

sorvete
Sorvete de creme com pedaços de rapadura

Levamos o vinho e posso dizer que o Talento 2002 da Salton (um dos melhores tintos nacionais); o Barbera d´Alba Bruno Giacosa, o Dezem Cabernet Sauvignon foram muito bem com vários dos pratos, notadamente com o atolado de bode e com a paçoca.

Onde: Rua Nossa Senhora do Loreto, 1.100, 6951-3056, Vila Medeiros.
Quando: 11h/22h (3ª e sáb., 11h/23h e dom., 11h/16h). (100 lug.).
Quanto: Cc.: D, M e V. Estac.: ao lado, 1ªh grátis e R$ 2 a hora seguinte.

Fotos: Edmundo Hamano (site do Mocotó).