Paladar

Steak Tartare

16 fevereiro 2007 | 15:26 por Jamil Chade

Meu amigo Istvan Wessel acertou de mais uma vez com seu novo e delicioso livro (no sentido literal do termo) “Quem tem pressa come cru”, da Companhia Editora Nacional.

Istvan pode ser mais conhecido mais pelos churrascos, pelas carnes que prepara e vende, mas é também um grande cozinheiro de forno e fogão. Um estudioso e que gosta mesmo de comer, o que é o principal.

O seu livro justifica o nome e é mais que oportuno, pois não são muitos os que se dispõem a ficar horas diante do fogão nesses dias preguiçosos e quentes do Carnaval.

Ficou com água na boca?

O livro lista uma série de pratos que devem ser servidos frios. Os capítulos: sopas, saladas, musses, cremes galantinas; peixes e frutos do mar, carnes, aves, caldos e molhos.

Além de conhecer cozinha, Istvan tem um bom texto, explica muito bem as receitas, o que é importantíssimo no nosso ramo.

Em sua nova obra, ele também aborda as qualidades, características e história de alguns pratos.

A sua explicação sobre steak tartare é mesmo deliciosa. A receita também é.

Mesmo sem pedir licença para o amigo, passo para vocês a receita de Istvan do “steak tartare, um prato bárbaro”.

Em seu intróito à receita, ele faz uma observação mais do que importante e pertinente sobre como picar carne, que deve ser picada a faca e não exageradamente. É preciso deixar o que morder. Nada de processadores de alimentos. “Moída, é como comer hambúrguer cru”, pondera o amigo com toda razão. O prato deve ser preparado pouco antes de servir e dá para duas pessoas.

Muitos preferem o filé, mas Istvan diz que pode ser feito com outros cortes e recomenda um coxão mole. O importante é a carne não ter nervos.

‘Ingredientes:

3 colheres (sopa) de cebola (de preferência roxa) em pedacinhos de 3 mm;
2 colheres (sopa) de pepino azedo em pedacinhos de 3 mm;
200 gramas de carne de boi, sem nervos e sem gordura, picada para steak tartare;
2 gemas de ovo de codorna (opcional);
2 colheres (sopa) de folhas de salsinha picadas;
2 colheres de sopa de alcaparra picada;
2 colheres (sopa) de azeite extravirgem;
1 colher (sopa) de mostarda;
1 colher (chá) de molho inglês;
1 colher (chá) de páprica doce;
sal e pimenta-do-reino branca moída na hora.

Prepare o steak tartare sempre minutos antes de servir.

Misture a carne com todos os ingredientes, menos as gemas.

Coloque metade da carne em cada prato e alise com uma colher, formando um montinho.

Afunde o centro com uma colher, coloque a gema de ovo e sirva.

Cada pessoa desmancha sua gema, mistura e come com pão de centeio ou integral, levemente torrado”.

Obrigado, Pisti.

Boa receita e um bom Carnaval!