Paladar

Só queijo

Aventuras lácteas entre o Brasil e a França

É oficial: Mundial do Queijo do Brasil 2022 será em São Paulo

O evento, organizado em teatro na Faria Lima, inclui feira de produtores, concursos e programa para profissionais

16 de fevereiro de 2022 | 12h15 por Débora Pereira

De 15 a 18 de setembro de 2022, está confirmado o Mundial do Queijo do Brasil, na capital paulista. O evento, em sua segunda edição, promete animar o cenário do queijo artesanal e autoral, cada dia mais queridinho do público brasileiro, com feira de produtores, concursos e programa técnico no mais novo teatro de São Paulo, o B32, uma construção moderna na avenida Faria Lima, inaugurada em plena pandemia.

Teatro B32 em São Paulo, onde será o Mundial do Queijo do Brasil, 2ª edição. FOTO: Divulgação/Teatro B32

 

O Mundial é realizado pela associação SerTãoBras em parceria com a Guilde Internationale des Fromagers. A primeira edição ocorreu em Araxá em 2019, atraiu 32 mil pessoas e uma comitiva de 18 membros da Guilde da França, Austrália, Itália e Japão. Foram julgados mais de 900 queijos.

Imagem de simulação do concurso no hall do teatro. FOTO: Divulgação/SerTãoBras

 

O conceito do evento é ser itinerante, ou seja, acontecer em uma cidade diferente a cada edição, como uma forma de fortalecer a cultura queijeira em realidades variadas do Brasil. São Paulo vive a efervescência do queijo autoral. A lei do queijo artesanal do estado acaba de ser regulamentada de forma participativa, fruto do diálogo dos produtores e autoridades sanitárias… tudo parece convergir de forma harmoniosa e as expectativas são as melhores.

O presidente da Guilde Roland Barthelemy à esquerda, Maristela Nicolellis ao centro e Vanessa Alcolea à direita, produtoras de queijo paulistas, no 1º Mundial do Queijo do Brasil em 2019. FOTO: Arnaud Sperat Czar/Profession Fromager.

 

Na França, a animação começa a fermentar. “Programamos uma nova viagem técnica de descoberta do queijo brasileiro e queremos apoiar o evento, o Brasil tem um grande potencial de mercado e produção, um exemplo são todos os queijos que ganharam medalhas no Mundial de Tours, na França”, disse Roland Barthélemy, presidente da Guilde.

O roteiro da viagem da comitiva internacional prevê 3 dias em São Paulo e depois mais cinco dias em Salvador (BA), para os gringos desfrutarem das belezas e dos queijos baianos. O programa vai ser anunciado no jantar de gala da Guilde no Salon du Fromage de Paris, que acontece de 27 de fevereiro a 2 de março na capital Francesa.

A associação SerTãoBras promete lançar o site do evento com todas as informações práticas no início de março.

 

Tags:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Ficou com água na boca?

Mais lidas