Paladar

Só queijo

Aventuras lácteas entre o Brasil e a França

Festival Fermentar e outros eventos queijeiros são cancelados no Brasil

Veja como comprar queijo online, com melhores preços, para ajudar pequenos produtores no momento de crise sanitária global

19 de março de 2020 | 17h47 por Débora Pereira

Em tempos de coronavírus, tão importante quanto o álcool em gel é manter o estoque de queijos. Eles são aliados para aumentar a imunidade e dar aquela sensação de felicidade indispensável em momentos tenebrosos.

Vários eventos queijeiros foram cancelados ou adiados nos próximos meses. Entre eles, o Festival Fermentar de Curitiba, a Feira Sabor Nacional em São Paulo e o Queijos e Turismo, do Sesc. “Sem a presença do professor francês Laurent Mons, que não poderá mais viajar, e a necessidade de união para combater esse vírus, não poderíamos agir de outra forma. Esperamos acolher 10 mil pessoas por dia, durante os quatro dias de evento, seria muito arriscado e irresponsável”, disse Flávia Rogoski, da loja Bon Vivant, organizadora do evento. A nova data prevista será de 11 a 16 de agosto.

 

Anuncio do adiamento do Festival Fermentar. FOTO: Flávia Rogoski/Acervo Pessoal

 

Para reagir à crise, na Serra da Canastra, o núcleo de produtores associados da SerTãoBras decidiu lançar uma loja online para enviar os queijos pelo correio. “Vai ficar pronta em uma semana e estamos nos preparando para enviar queijos para todos Brasil”, disse Eliane Freitas, da fazenda Matinha do Ouro, diretora do núcleo. Enquanto a loja não ficar pronta, as encomendas podem ser feitas pelo whatsapp (37 99870-3047). A associação disponibiliza no site a lista “onde comprar queijo“, com o contato de todos os produtores associados que vendem pela internet ou telefone.

Em São Paulo, a Associação Paulista do Queijo Artesanal  publicou um comunicado para facilitar a venda de queijos diretamente ao consumidor (veja abaixo na íntegra). “Ontem eu salvei nosso dia pelos pedidos vindos do Instagram. Não foi lá essa maravilha, mas vendi quase a mesma coisa que num dia de feira. Cobro R$ 15 de frete, uma pessoa reclamou, falei que o motoboy também tinha que ganhar o dele, ela pediu desculpa e fez o pedido”, disse Christophe Faraud, presidente da associação.

“Nos últimos dias, aproximadamente oito eventos queijeiros foram cancelados. Isso bloqueou a distribuição dos queijos preparados para os eventos. As câmaras de vários produtores estão abarrotadas. Levando em conta essa situação, os produtores estão colocando seus estoques à disposição dos consumidores com bons descontos e promoções”, disse Heloisa Collins, do Capril do Bosque, em Joanópolis (SP).

Os comerciantes de queijos também começam a ver a queda das vendas nas lojas físicas. A crise está obrigando a refletir sobre lançar a opção da entrega em casa, como é o caso de Falco Bonfadini, proprietário da Galeria do Queijo. “Estamos buscando alternativas aos aplicativos, como Ifood, UberEats e Rappi, porque o custo ainda é elevado para o pequeno comerciante, que tem a margem de lucro comprometida com a operação. Se incluir a plataforma de vendas, pode chegar a 27% do valor da venda, o que é inviável, eles ficam com a maior parte do lucro. Funciona para restaurantes, que tem uma maior margem,” explica Falco.

 

Queijo para manter a saúde

Queijo tem muito cálcio e outros nutrientes fundamentais para a proteção do sistema imunológico. Está repleto de vitamina D, que ajuda nosso corpo a absorver o cálcio, juntamente com o ácido fólico, zinco, fósforo e vitaminas A, B2, B12, e K2. Quando consumidas junto com o cálcio, as vitaminas K2 e D3 são especialmente boas para proteger os ossos, o cérebro e o coração.

Além disso, queijo faz as pessoas se sentirem felizes e podem ajudar a diminuir o estresse causado pela situação atual. Isso por conta dos aminoácidos chamados tirosina, que dão sensação de satisfação. As gorduras do queijo também produzem dopamina, substância química natural que providencia bom humor e sensações de prazer.

Queijos com pontinhos brancos promovem sensação imediata de bem-estar. FOTO: Débora Pereira/Profession Fromager

Comunicado da Associação Paulista do Queijo Artesanal

A APQA informa a todos os consumidores que, devido a decisão do Governo do Estado de São Paulo, todos os eventos de comida artesanal do estado foram cancelados. Esses eventos são o principal canal de distribuição para a maioria dos pequenos produtores de queijo artesanal.

Embora alguns desses queijos suportem estocagem ou maturação prolongada, a situação se tornará rapidamente insustentável, já que nossas búfalas, cabras, ovelhas e vacas não vão parar de produzir o mesmo leite de excelente qualidade, essencial para a produção de nossos queijos sem químicasem conservantes.

O mundo esta mudando seu modo de se alimentar, portanto compre de quem faz, compre local. Está na hora de acelerar esta mudança. Então, os produtores da APQA estão colocando seus queijos à disposição, em parceria com algumas pequenas lojas especializadas em produtos artesanais, ou vendendo diretamente para os consumidores.

Vamos consumir comida de verdade!

Convidamos a a todos para aproveitar e comprar! Aqui estão os canais de venda:
@caprildobosque – queijos de leite de cabra, boa variedade
@christopheezeide – queijos de leite cru de vaca, inspirados em receitas francesas
@qjo.martina – queijos maturados livres de químicas e conservantes na capital de São Paulo
@queijariaarmazemdomineiro – loja especializada em queijos artesanais brasileiros
@queijariajeitodmato – requeijão caipira feito no tacho e queijo campeiro, medalha de ouro no Mundial do Queijo do Brasil
@laticiniositioaguafria – queijos, iogurte e doce de leite de vacas Jersey na região de Botucatu
@lepetitfromager – queijos artesanais de leite de cabra, inspirado em receitas francesas
@queijariarima – queijos artesanais de leite de ovelha
@pedomorro_japi – queijos feitos com leite de vaca na Serra do Japi
@queijariabelafazenda – queijos maturados e mofados, de leite cru de vacas Jersey
@brividosp – queijos frescos na cidade de São Paulo
@capril_salto_do_panema – queijos de cabra
@cabanhamulekinha – queijos artesanais maturados frescos e defumados em Ibiúna
@caprilcaprioles – queijos artesanais de leite de vaca e cabra em Jundiaí
Queijos da Fazenda – (14) 99619-0690

Tags:

Ficou com água na boca?