Paladar

Bebida

Bebida

10 filmes para quem ama vinho

Para assistir com a taça na mão

05 abril 2016 | 16:32 por Redação Paladar

Nesta lista, reunimos longas-metragens em que o mundo do vinho é protagonista ou pano de fundo (e, sim, nós avisamos quando o título está na Netflix). 

 

Sideways (2004)

O favorito de nove entre dez amantes do vinho, é um road-wine-movie que visita as vinícolas da Califórnia e faz uma ode à beleza e elegância da Pinot Noir, verdadeira paixão do protagonista, um escritor frustrado.

 

O Julgamento de Paris (2008)

Ficou com água na boca?

Estrelado por Alan Rickman (interpretando o crítico inglês Steven Spurrier), Bill Pullman e Chris Pine (como produtores californianos), o filme Bottle Shock conta a história da grande prova de Paris, quando vinhos norte-americanos e franceses foram degustados às cegas e os primeiros foram os vencedores, para o choque da tradicional escola francesa. Tem na Netflix. 

 

Mondovino (2004)

Dirigido por Jonathan Nossiter, esse documentário discute os efeitos da globalização na produção vinícola e usa como exemplo os vinhos do Velho Mundo sob efeito do mercado consumidor norte-americano.

 

Um Bom Ano (2006)

Um financista inglês (Russell Crow), ambicioso e implacável, herda do tio um château na Provença, onde passou sua infância, e descobre um estilo de vida bem mais relaxado, enquanto tenta reformar a propriedade para ser vendida. Dirigido por Ridley Scott.

 

O Segredo de Santa Vitória (1969)

No fim da Segunda Guerra Mundial, quando Mussolini é deposto e após uma grande confusão ligada a uma manifestação, a cidade de Santa Vitória vê seu bêbado mais notório -- interpretado por Anthony Quinn -- virar prefeito. A partir deste momento, todos os habitantes passam a lutar para salvar dos nazistas o seu melhor produto, o vinho.

 

Somm (2012)

O documentário mostra tudo o que um candidato à prova de Master Sommelier tem de enfrentar: horas e mais horas de degustações e estudo com fichas coloridas, visitas ao mercado e feiras para cheirar e catalogar os perfumes de tudo o que há disponível. O filme atesta a importância da prova para a carreira de um sommelier, que pode ter seu salário aumentado em progressão geométrica se aprovado. Está na Netflix. 

 

Um Ano em Champagne (2014)

Conta a história da região, marcada por guerras e morte, em contraste com o caráter festivo da bebida que produz. A importadora Martine Saunier é a guia por seis vinícolas, desde pequenas casas às gigantes Gosset e Bollinger. Tem na Netflix. 

 

Um Ano na Borgonha (2013)

Dividido em quatro partes de acordo com as quatro estações, o documentário A Year in Burgundy mergulha no processo criativo e cultural de se fazer vinho e mostra a vida de sete famílias de produtores locais. Disponível na Netflix. 

 

Caminhando nas Nuvens (1995)

Conta a história de um ex-combatente da Segunda Guerra Mundial (Keanu Reeves) infeliz no casamento que conhece uma jovem grávida e temerosa sobre a reação da família. Ele decide ajudá-la passando-se por seu marido. E é aí que entra o vinho em cena: a família de Victoria é proprietária de vinhedos. O cenário do filme é a vinícola Las Nubes, no norte do México. Está na Netflix. 

 

Meia-noite em Paris (2011)

Dirigido por Woody Allen, este filme merece menção honrosa na lista pela cena de degustação protagonizada pelo ator britânico Michael Sheen. Ambientado em Paris, conta a história de um roteirista (Owen Wilson) que se vê nos anos 1920 todas as noites à meia-noite. Disponível na Netflix. 

 

Ficou com água na boca?