Paladar

Bebida

Bebida

A força tripla das tripels

Tripels são claras e fortes, como define Stan Hieronymus no livro Brew Like a Monk (Fazendo cerveja como um monge, em tradução livre. US$ 11, na Amazon). Elas são também um pomar de frutas cítricas (abacaxi, laranja, e um pouco de limão) e amarelas (manga e banana), que tomam o nariz, enquanto a boca é marcada pelo álcool e doçura do malte. E são bastante alcoólicas, com teor que varia de 7,5% a 12%, mas enganam porque a doçura picante do álcool em geral está camuflada pelos aromas frutados e por um toque de amargor, que convida à repetição de copos…

10 abril 2013 | 22:06 por danielmarques

Monges fazem cervejas há séculos – pelo menos desde 530, quando a Regra de São Benedito foi escrita, liberando a produção e venda –, mas a tripel é uma invenção do século 20, um pouco mais recente que o Terceiro Segredo de Fátima, de 1917.

Nesta degustação estão algumas das mais clássicas trapistas. Participaram da prova os beer sommeliers Aline Araújo e Luiz Antonio Caropreso, além do repórter do Paladar Daniel Telles Marques.

Ficou com água na boca?

Gouden Carolus

Origem: Bélgica

Preço: R$ 16,90 (330 ml) na americanas.com.br

Teor: 9%

O amarelo-vivo faz jus ao nome. É um dourado intenso que encanta os olhos. Álcool aparece na boca e no nariz, mas disfarçado pelos aromas florais e frutados.

Aromas: adocicado de tutti frutti, caramelo e biscoito.

Vai bem com: queijo gouda maduro e damasco.

Chimay Pères Trappistes

Origem: Bélgica

Preço: R$ 17 (330 ml) no Empório Alto dos Pinheiros (R. Vupabussu, 305, Pinheiros, 3031-4328)

Teor: 8%

Harmônica – com álcool, amargor e frutados bem combinados. Equilibra aromas herbais e frutados que envolvem bem o álcool, sem deixá-lo tão em evidência.

Aromas: banana, compota de abacaxi, pão, caramelo suave.

Vai bem com: queijo azul e massas com molhos encorpados.

Westemalle Trappist

Origem: Bélgica

Preço: R$ 16,90 (330 ml) no beershop.com.br

Teor: 9,5%

A potência alcoólica não se inibe. O álcool aparece no nariz e boca. É complexa e de poucas taças. Doce no início do gole e amargor discreto e residual.

Aromas: pão, tutti frutti, banana e marmelada.

Vai bem com: queijos de mofo maduros e massas folhadas.

St. Feuillien Tripel

Origem: Bélgica

Preço: R$ 21,90 (330 ml) no puromalte.com.br

Teor: 8,5%

Laranja, florais, abacaxi, semente de coentro, baunilha, saltam do copo. Envolvente e convidativa a repetições.

Aromas: manga, banana e abacaxi, com notas de laranja que reaparecem no nariz ao fim do gole.

Vai bem com: queijos de mofo, compota de frutas com sorvete e carne de caça.

La Trappe Tripel

Origem: Holanda

Preço: R$ 21,90 (330 ml) no submarino.com.br

Teor: 8%

Fundo de frutas que lembra banana passada do ponto. Leve doce de caramelo e cítricos do lúpulo.

Aromas: adocicado, com presença de biscoito entre os cheiros tostados e caramelo entre os adocicados.

Sabores: amargor médio para baixo e doçura média para alta.

Vai bem com: queijos azuis, cenoura grelhada e torta de banana.

>> Veja todas as notícias da edição do Paladar de 11/4/2013

Ficou com água na boca?